fbpx

Desígnio: caderno de notas e esboços a respeito de um filme chamado Mulher à Tarde (2009)

O filme feito só se faz, porque muitos filmes não se fez. Ou melhor: fazer um filme é matar uma a uma as várias possibilidades de existência desse filme, até que reste uma, a visível. Esse percurso da idéia em direção à forma raramente é mostrado. Em parte porque é difícil dominá-lo e mostrá-lo. Desígnio é um filme que se restringe a esse caminho. Há quem o confunda com making ofs, mas em desígnio vamos por outro caminho: bastidores da mente, não da produção. Os desenhos (disegnos) rascunhados de quem quer pintar e se prepara. Desenhos do antes e do depois. De preparação e de ruína. Mostrar como o filme vai surgindo e mostrar o que fica depois dele, quando se tem que lidar com suas marcas no mundo e dentro de si.

Direção: Affonso Uchoa. Elenco: Ana Carolina Beltrani, Ana Carolina Oliveira, Cecília Bizzoto, Cristiane Moreira, Elba Vieira, Júlia Morena, Luísa Horta, Mariana Arruda, Mariana Câmara, Mariana Vasconcelos, Renata Cabral, Tereza Gontijo. Assistência de direção: Maurício Rezende e Alex Lindolfo. Produção executiva: Aline Xavier. Produção: Aline Xavier, Affonso Uchoa e Fernanda Salgado. Edição: Mariana Barsted, Luiz Gabriel Lopes. Montagem: Affonso Uchoa. Montagem de som: Luiz Gabriel Lopes. Mixagem de Som: Mariana Barsted.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.