fbpx

Diana Vasconcellos, abc

FOTO Diana VasconcellosDiana de Vasconcellos S. Martins Ferreira, em arte conhecida como Diana Vasconcellos, é uma montadora cinematográfica, roteirista e continuísta brasileira nascida na cidade de Belo Horizonte (MG) em 1960. Formada em Comunicação Social, pela UFMG em 1981, começou profissionalmente na área do audiovisual como produtora e assistente de montagem.

Diana Vasconcellos mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou a se dedicar exclusivamente à montagem cinematográfica.

O primeiro longa-metragem em que assinou a edição foi Banana split, de Paulo Sérgio Almeida. Seguiu editando filmes dos Trapalhões, entre eles Os Fantasmas Trapalhões, de J.B. TankoO Casamento dos TrapalhõesOs heróis trapalhões – Uma Aventura na Selva O Mistério de Robin Hood, todos três dirigidos por José Alvarenga Jr..

Na década de 90, editou vídeos institucionais, minisséries para TV, curtas, médias e longas-metragens, entre estes: O homem nu, de Hugo CarvanaO noviço rebelde, de Tizuka YamasakiAmor & Cia, de Helvécio RattonSimão, o fantasma trapalhão, de Paulo AragãoXuxa requebra, de Tizuka Yamasaki.

Montou também filmes como Tainá – Uma aventura na Amazônia, de Tânia Lamarca e Sérgio Bloch, o documentário de média-metragem Samba (2000), de Teresa Jessouroun, e O Xangô de Baker Street, de Miguel Faria Jr..

Montou ainda os longas Apolônio Brasil – O campeão da alegria, de Hugo CarvanaVida de Menina (2004), de Helena SolbergTainá 2 – A aventura continua, de Mauro LimaGaijin 2 – Ama-me como sou, de Tizuka Yamasaki, junto com Karen Akerman, e Bela noite para voar, de Zelito Viana. Em 2005, montou e ajudou no roteiro de Vinícius, de Miguel Faria Jr..

Recentemente, assinou a montagem dos longas Primo BasílioTempos de Paz, ambos de Daniel FilhoPolaróides Urbanas (2008), de Miguel FalabellaInesquecível (2007), de Paulo Sérgio de Almeida, e Casa da mãe Joana (2008), de Hugo Carvana. Seu trabalho mais recentes foram a montagem dos longas Se eu fosse você 2 (2009) e Chico Xavier (2010), de Daniel Filho.

Internet:

ABCINE. https://abcine.org.br/site/socios_descricao/?socio=371
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Diana Vasconcellos. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/diana-vasconcellos/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Diana Vasconcellos, abc

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.