fbpx

Dilma Lóes (1950-2020)

Biografia

Dilma Lóes foi uma atriz e cineasta brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) no dia 22 de julho de 1950.

Filha dos atores Urbano Lóes e Lydia Mattos, estreou no cinema em 1968 no filme Rio de Diamantes e atuou em muitos outros como O Grande Gozador (1973) e A Volta do Filho Pródigo (1979).

Roterizou e atuou em filmes como Quando as Mulheres Paqueram e Aquela Gostosa Brincadeira a Dois, com Carlo Mossy, Vera Fischer e Cléa Simões, dirigidos por Victor Di Mello.

Em 1969, estreou no teatro na peça Frank Sinatra 4815. Ainda nos anos 80 escreveu, dirigiu e produziu o musical infantil Se a Banana Prender o Mamão Solta, que foi um grande sucesso de bilheteria e era ao mesmo tempo uma crítica aos preconceitos e normas da sociedade contemporânea.

Na televisão, estreou em O Doce Mundo de Guida (1969) e depois Pigmalião 70 (1970), Tempo de Viver (1972), mas tornou-se mais conhecida em O Bem-Amado (1977) e Elas por Elas (1982).

No final dos anos 1970, atuou como diretora, no média-metragem Só Amor não Basta (1978) – que lhe vale o prêmio máximo no Festival de Brasília –, e no vídeo Nossas Vidas, pelo qual ganhou também o troféu Tatu de Prata na Jornada Internacional de Cinema da Bahia, realizada em 1988. Além de atriz, revelou-se uma competente diretora.

De 1970 e 1973, foi casada com o cineasta Victor Di Mello, com quem teve uma filha, Vanessa Lóes (1971) também é atriz. Do seu casamento com Fernando Leporace (1982/1985), também teve uma filha.

Na década de 1990, mudou-se para os Estados Unidos onde teve uma empresa de exportação e trabalhou para a HBO.

Dilma Lóes faleceu aos 70 anos, no dia 31 de julho de 2020, na Flórida, em decorrência de um câncer.

Filmografia

:: Filmografia como Atriz ::

2005 :: Cafuné
2005 :: O Amigo Dunor (Brasil/Paraguai)
1989 :: A Paz é Dourada (CM)
1985 :: Nossas Vidas (CM)
1984 :: Se a Banana Prender, o Mamão Solta (CM)
1979 :: A Volta do Filho Pródigo
1978 :: Leucemia (CM)
1978 :: Sombras de um Verão
1976 :: Maníacos Eróticos
1975 :: Com um Grilo na Cama
1973 :: Essa Gostosa Brincadeira a Dois
1973 :: Como Era Boa a Nossa Empregada (Episódio: O Terror das Empregadas)
1973 :: Revólveres não Cospem Flores
1972 :: O Grande Gozador
1971 :: Quando as Mulheres Paqueram
1970 :: A Moça do Circo (CM)
1970 :: Ascensão e Queda de um Paquera
1970 :: Betão Ronca Ferro
1970 :: Vida e Glória de um Canalha
1970 :: Parafernália, o Dia da Caça
1969 :: A Mulher do Rio (The Girl From Rio) (Brasil/Espanha/Alemanha/EUA)
1969 :: The Seven Secrets od Sumuru (Alemanha/Espanha/EUA)
1968 :: Meu Nome é Lampião
1968 :: Rio de Diamantes (Brasil/EUA)

:: Filmografia como Diretora ::

1992 :: The Night Period (CM)
1988 :: Quando o Crioulo Dança (CM)
1985 :: Nossas Vidas (CM)
1985 :: Carne de Sol (CM)
1984 :: Se a Banana Prender, o Mamão Solta (CM)
1980 :: Sassarico
1978 :: Só o Amor não Basta (CM)
1974 :: Morrendo a cada Instante (CM)

:: Filmografia como Ela Mesma ::

1978 :: Horror Palace Hotel (MM)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

G1. Dilma Lóes, atriz e cineasta, morre aos 70 anos. Disponível no endereço: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/07/31/atriz-e-cineasta-dilma-loes-morre-na-florida.ghtml. Acessado em: 31 de julho de 2020.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Dilma Lóes. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br//
O TEMPO. Morre, aos 70 anos, a cineasta Dilma Lóes, sogra de Thiago Lacerda. Disponível no endereço: https://www.otempo.com.br/diversao/magazine/morre-aos-70-anos-a-cineasta-dilma-loes-sogra-de-thiago-lacerda-1.2367053. Acessado em: 01 de agosto de 2020.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

2 comentários sobre “Dilma Lóes (1950-2020)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.