fbpx

Drica Moraes

Adriana Moraes Rego Reis, conhecida pelo nome artístico Drica Moraes, é uma atriz brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) no dia 29 de julho de 1969.

Aos dez anos, estuda no Colégio Andrews, onde Miguel Falabella dava aulas de teatro aos alunos do segundo grau, fato que despertou seu interesse pelas artes. Aos treze, cursou o Tablado.

Sua primeira temporada teatral aconteceu com a montagem de Os 12 Trabalhos de Hércules, ao lado de Malu Mader, Alexandre Frota e Maurício Mattar.

Na televisão, participou de inúmeras novelas/minisséries como Top Model (1989), Quatro por Quatro (1995), Xica da Silva (1997) e Era uma Vez … (1998), O Cravo e a Rosa (2000), Desejos de Mulher (2002), Chocolate com Pimenta (2004), Alma Gêmea (2006), Pé na Jaca (2006), como Pietra, Queridos Amigos (2008), como Vânia, e Decamerão, a Comédia do Sexo, como Tessa.

Estreou no cinema em 1990, no curta-metragem Vaidade. Destacam-se depois Manoushe, a Lenda de um Cigano (1990), As Meninas (1995) e Onde Anda Você (2004).

Foi casada com o diretor Regis Faria. Depois, casou-se com Raul Schmidt e, em 2009, adotou uma criança.

Em 2010, Drica tornou público que era portadora de leucemia e iniciaria sessões de quimioterapia. Com sucesso, curou-se da doença.

Filmografia

:: Filmografia como Atriz ::

2018 :: Flor de Laranjeira (CM)
2017 :: O Banquete
2014 :: Getúlio
2011 :: Bruna Surfistinha
2010 :: O Bem Amado
2009 :: Os Normais 2 – A Noite mais Maluca de Todas
2004 :: Onde Anda Você?
2001 :: Amores Possíveis
2000 :: Bossa Nova
1998 :: Traição
1996 :: As Meninas
1995 :: O Mandarim
1990 :: Manoushe, a Lenda de um Cigano
1990 :: Vaidade (CM)

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Drica Moraes. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/drica-moraes/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]