fbpx

Edina Fujii (1947-2019)

Biografia

Edina Fujii foi uma produtora audiovisual profissional brasileira do setor de infraestrutura cinematográfico nascida em São Paulo (SP) em 1947. Reconhecida como responsável por ações que revolucionaram a produção cinematográfica nacional, foi pioneira na criação de seminários e oficinas de especialização técnica dentro dos diversos festivais de cinema do Brasil.

Iniciou-se no cinema aos 18 anos, como assistente de produção do longa-metragem A hora e vez de Augusto Matraga (1965), de Roberto Santos. Entre 1967 e 1969, foi assistente de produção de diversos filmes publicitários.

De 70 a 72, foi coordenadora de produção na Magison, onde continuou a trabalhar com filmes publicitários para TV.

Em 1982, foi convidada a abrir a filial da Quanta Centro de Produção Cinematográfica em São Paulo, onde permaneceu como gerente geral até 2007, época em que houve a fusão entre as empresas Quanta, Motion e estúdios, passando a se chamar Estúdios Quanta, quando assumiu o cargo de diretora comercial. Através de coprodução, investiu em mais de dois mil produtos audiovisuais entre documentários, longas e curtas-metragens.

Firmou Convênio com a ABD Nacional (Associação Brasileira de Documentaristas), em 1999 até 2004, que se fortaleceu e passou a atuar hoje em 27 capitais, fornecendo um desconto especial aos realizadores a fim de garantir a produção dos curtas-metragens e documentários nos diversos estados brasileiros.

Em 2000, fundou a União Nacional da Infraestrutura Cinematográfica (Uninfra), associação da qual é presidente. Ajudou a formatar o projeto do Instituto do Audiovisual – Escola de Cinema Darcy Ribeiro, da qual é parceira e faz parte do conselho consultivo. Defendeu e propôs a inclusão do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Infra-Estrutura e do Audiovisual (Pró-Infra), como um dos mecanismos de aplicação de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Participou da fundação e foi membro efetivo do Conselho Deliberativo da Academia Brasileira de Cinema, desde seu início (em 2002).

Em 2007, foi convidada a integrar o Conselho Deliberativo da Cinemateca Brasileira, assim como da Associação dos Amigos da Cinemateca, que tem como meta a criação do Museu da Tecnologia do Cinema.

Em julho de 2011, se desligou da Estúdios Quanta e deu início à Origami Cultural e Audiovisual, consultoria comercial e produtora de projetos culturais. Foi diretora associada dos canais Box Brazil e consultora da Centro de Infraestrutura Audiovisual do Rio (CiaRio), complexo de empresas de infraestrutura sediado no Rio de Janeiro e que atendia produções em todo o Brasil.

Em 2012, participou da Comissão de Seleção do Edital de Cinema do BNDES para documentários, curtas e longas-metragens e da Comissão de Seleção da Área Festivais de Cinema do Edital Petrobrás Cinema.

Edina Fujii faleceu, aos 72 anos, em 24 de abril de 2019. Ela vinha lutando contra o câncer desde janeiro de 2019. Foi guerreira e batalhou até os últimos momentos de sua vida.

Filmografia

:: Filmografia como Produtora ::

2014 :: Saúde S.A.

:: Filmografia como Assistente de Produção ::

1965 :: A hora e vez de Augusto Matraga

Prêmios

1998
Prêmio Mercosul – Grupo Brasil: pelo conjunto de iniciativas de incentivo ao cinema e viabilização de projetos audiovisuais, tanto no mercado interno quanto para o bloco Mercosul – Festival Cinesul.

2000
Homenagem pelo incentivo ao curta-metragem com o recebimento do troféu no X Cine Ceará.

2005
Homenagem com recebimento do Troféu Guarnicê no 28º Festival Guarnicê de Cinema, em São Luis – MA.

2007
Homenagem no III Festival Tudo Sobre Mulheres.

2008
Homenagem “Mulheres no Cinema Brasileiro” na 3ª Mostra de Cinema de Ouro Preto.
Homenagem “Personalidade do Cinema Brasileiro” no Festival de Canoa Quebrada – CE – IV Curta Canoa.

2009
Prêmio Maurice Legeard pela contribuição ao cinema brasileiro no Festival Santista de Curtas-Metragens – 7º Curta Santos.
Homenagem “mãe do cinema” em reconhecimento pela determinação no desenvolvimento para viabilização do audiovisual. 14º FAM – Florianópolis Audiovisual Mercosul.
Homenagem especial pela parceria e incentivo ao audiovisual brasileiro, com entrega do Troféu “Ver ou não Ver” – 9º Curta SE – Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe.

2010
Homenagem recebida nos 10 anos do Fórum dos Festivais.
Homenagem em reconhecimento das ações em prol do cinema brasileiro no 10º Goiânia Mostra Curtas.
Homenagem pelo apoio aos 17 anos do Festival, no 17º Vitória Cine Vídeo.

2011
Homenagem pelo desempenho e cooperação no Congresso Brasileiro de Cinema recebida no 6o FAIA – Festival de Atibaia Internacional do Audiovisual.

Biografia

Internet:

CIARIO. Disponível no endereço: http://www.ciario.com.br/
FATU. Edina Fujii. Disponível no endereço: http://fatu.com.br/?p=1324
FILMEB. Edina Fujii. Disponível no endereço: http://www.filmeb.com.br/quem-e-quem/infraestrutura/edina-fujii
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Edina Fujii. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/edina-fujii/
ORIGAMI CULTURAL. Disponível no endereço: http://www.origamicultural.com.br/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.