fbpx

Ednei Giovenazzi

Biografia

Ednei Giovenazzi é um Ator brasileiro nascido no interior de São Paulo, na cidade de Pederneiras no dia 12 de agosto de 1930.

Veio para a capital, estudou e se formou em Odontologia. Desde cedo, porém, percebeu seus dotes artísticos, e ainda que exercendo sua profissão, fez amizade entre artistas da televisão e participou em 1967 de três novelas da TV TUPI: “Yoshiro, Um Poema de Amor”; “Jardineiro Espanhol”; “O Pequeno Lorde”. Em 1968 foi para a TV Globo e lá também logo se enturmou e teve bons papeís em: “O Santo Mestiço”; “A Cabana do Pai Tomás”; “A Grande Mentira”; “Pigmaleão 70”; “A Próxima Atração”; “O Homem que Deve Morrer; “Selva de Pedra”; “Ossos de Barão”, novela de Jorge Andrade, dirigido com brilho por Régis Cardoso.

Estava mais do que firmada a carreira artística de Ednei Giovenazzi, que foi aos poucos se afastando de sua antiga profissão. Uma vez de volta a São Paulo, ele atuou em várias novelas na TV TUPI: “A Barba – Azul”; “Ovelha Negra”; “Xeque – Mate”; “ O Julgamento”; “Salário Mínimo”.

Em 1980, Giovenazzi fez: “Pé de Vento”, na Bandeirantes, para voltar novamente para a Globo do Rio, onde participou de: “As Três Marias”; “Sétimo Sentido”; “Partido Alto; “Livre para Voar”; “O Tempo e o Vento”; “Direito de Amar”; “Abolição”; “Que Rei Sou Eu?; “Felicidade”, “Tropicaliente” e, em 2002 fez “Sabor de Paixão”. Antes esteve em novelas do S.B.T, Bandeirantes e Manchete.

Sempre procurado por todos os diretores, Ednei Giovenazzi tem uma carreira bastante longa e respeitada, sendo querido por todos os colegas, por seu temperamento afável, sua educação esmerada e seu grande valor artístico.

Filmografia

1999 :: No Coração dos Deuses
1991 :: A República dos Anjos
1990 :: Círculo de Fogo
1974 :: Um Homem Célebre
1974 :: O Marginal
1973 :: Êxtase de Sádicos

Bibliografia

Livros:

CARVALHO, Tânia. Ednei Giovenazzi: dono da sua emoção

Internet:

WIKIPEDIA. http://pt.wikipedia.org/wiki/Edney_Giovenazzi

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Um comentário em “Ednei Giovenazzi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.