fbpx

Elton Medeiros (1930-2019)

Biografia

Foto: Silvana Marques

Élton Antônio Medeiros, em arte conhecido como Elton Medeiros, foi um compositor, cantor, produtor musical e radialista brasileiro nascido no Rio de Janeiro (RJ) no dia 22 de julho de 1930.

Nascido no bairro carioca da Glória e torcedor do Olaria Atlético Clube, Elton Medeiros é considerado um dos melhores melodistas e ritmistas da história do samba. Teve sua trajetória na música iniciada aos 17 anos quando tocava de dia na Orquestra Juvenil de Estudantes, que se apresentava na Rádio Roquette-Pinto, e à noite tocava trombone na gafieira Fogão, do compositor Uriel Azevedo.

Elton Medeiros começou sua carreira de compositor sendo fundador da ala dos compositores da escola de samba Aprendizes de Lucas. Seu samba Exaltação a São Paulo foi considerado um dos melhores da história da escola. Porém, é através das reuniões no Zicartola que Elton Medeiros criará suas principais obras, sendo um dos principais incentivadores e frequentadores do restaurante musical localizado em um sobrado na Rua da Carioca. Lá, entrou em contato com sambistas como Cartola, Nelson Cavaquinho, Zé Ketti, Ismael Silva e Paulinho da Viola, que se tornaria seu principal parceiro musical. Além disso, como fruto do Zicartola surgiram o grupo A Voz do Morro e o show A Rosa de Ouro.

Entre os principais sambas de Elton Medeiros, destacam-se clássicos como “Peito Vazio”, “O Sol Nascerá” (em parceria com Cartola), “Pressentimento” (com Hermínio Bello de Carvalho), “Mascarada” (Zé Ketti) e “Onde a Dor Não Tem Razão” (com Paulinho da Viola).

Elton Medeiros faleceu, aos 89 anos, vítima de pneumonia, em 04 de setembro de 2019, no Rio de Janeiro (RJ).

Galeria

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Elton Medeiros. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/elton-medeiros/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.