fbpx

Em nome da razão (1979)

Trailer

Sinopse

FOTO Em nome da razao 01Documentário filmado em Barbacena, Minas Gerais, em outubro de 1979 no hospital psiquiátrico da FHEMIG – Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais. O filme denuncia a situação precária e os tratamentos inadequados a que eram submetidos os internos de hospitais psiquiátricos. O filme também aborda o preconceito da sociedade para com essas pessoas ditas anormais em entrevista com internos, familiares e funcionários do hospital.

Trata-se do primeiro filme dirigido pelo cineasta Helvécio Ratton, cuja formação era justamente psicologia, e obra pioneira na abordagem crítica do tratamento psiquiátrico no Brasil – cujo desdobramento culminou na mudança da legislação brasileiro que aboliu o modelo de tratamento hospitalar da saúde mental.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Em nome da razão (1979) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Helvécio Ratton
Produção: Tarcísio Vidigal
Fotografia: Dileny Campos
Montagem: José Tavares de Barros
Som: Evandro Lemos da Cunha
Assistente de Fotografia: Maria Amélia Palhres
Assistente de Montagem: João Fernando Motta
Laboratório de Imagem: Líder
Som: Tecnison; Stúdio Helio Barroso.
Empresa Produtora: Grupo Novo de Cinema e Associação Mineira de Saúde Mental

Bibliografia

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.