fbpx

Erendira (1983)

Sinopse

Perdida na solidão do deserto, bela adolescente, Erêndira tem uma experiência mística que coincide com um incêndio que destrói a casa da sua avó. Para forçar a neta a restituir o prejuízo, a mulher passa a prostituí-la.

Porém, Erendira continua a ter visões estranhas, enquanto sua avó malvada vai enriquecendo às suas custas.

Filme dirigido por Ruy Guerra, com roteiro baseado no texto do escritor colombiano Gabriel García Márquez, que assina o roteiro junto com o diretor.

Cândida Erendira e sua avó desalmada moravam numa enorme mansão. Com a morte do marido, famoso contrabandista, a avó dispensou todos os empregados, ficando todo o serviço doméstico por conta da neta. Um incêndio, provocado acidentalmente por Erendira, destruiu o casarão e a avó decidiu vender o corpo da neta para pagar a imensa dívida.

Elenco

Cláudia Ohana …. Cândida Erêndida
Ernesto Gómez Cruz
Blanca Guerra …. Mãe de Ulises
Rufus …. Fotógrafo
Oliver Wehe …. Ulises
Michael Lonsdale …. Senador
Irene Papas …. Avó

Garcini, Salvador
Madrigal, Felix Bussio (Noivo)
Torres, Juan Antonio Ortiz (Músico)
Caldron, Carlos (Missionário)
Barrera, Rene (Chefe índio)
Llausas, Leonor (Prostituta)
Abrossi, Maristell (Prostituta)
Delgado, Lazara (Prostituta)
Roffiel, Lali (Monja)
Eckelkamp, Natalie (Monja)
Carrillo, Rodolfo (Soldado)
Ortega, Fernando Garcia (Soldado)
Escobar, Gaspar Humberto Mena (Guarda)
Danel, Eduardo (Motorista do contrabandista)
Leal, Tomas Delgado (Correio)
Casanova, Delia (Narradora)

Participação especial:
Pierre Vaneck …. Pai de Ulises
Carlos Cardán …. Contrabandista
Humberto Elizondo
Jorge Fegán …. Comandante
Francisco Mauri …. Homem do correio
Sergio Calderón …. Motorista caminhão
Palomares, Martin …. Carregador

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Ruy Guerra
Roteiro: Gabriel García Márquez
Estória Baseada no romance A incrível e triste história da cândida Erendira e sua avó desalmada de Gabriel García Márquez
Assistência de direção: Martin, Felix; Hernandez, Roman; Eckelkamp, Natalie
Assistência de continuidade: Luke, Patricia
,Produção: Queffelean, Alain
Produção executiva: Martinez, Gonzalo; Roffiel, Othon
Gerente de produção: Danel, Eduardo
Direção de fotografia: Clerval, Denys; Rivera, Roberto
Assistência de câmera: Meza, Agustin
Efeitos especiais de fotografia: Rodriguez, Ruben
Assistência de iluminação: ara, Sergio
Fotografia da 2. unidade: Senyal, Jorge
Técnico de som: Villand, Claude; Martinez, Roberto
Edição: Peltier, Kenout; Kef, Jeanne
Assistente de montagem: Piqueras, Francesca; Picard, Jean-Charles
Figurinos: Negron, Alberto
Cenografia: Cardiou, Pierre; Chaper, Rainer
Assistencia de cenografia: Roffiel, Lali
Maquiagem: Granier, Monique; Muñoz, Graciela
Penteados: Archambault, Patrick; Aramburu, Araceli
Assistência de figurino: Aguilar, Ignacia
Música: Lecoeur, Maurice
Companhias Produtoras: Les Films du Triangle; Cine Qua Non S.A.; Films A2
Companhias co-Produtoras: Ministere de la Culture; Atlas Saskia Film; Austra

Dados adicionais de música
Orquestra: Printemps, Guy

Instrumentista: Roussel, Gilbert (acordeon)

Locação: San Luis Potosi – MX; Zacatecas – MX; Veracruz – MX; Mexico – MX

Prêmios

Prêmio de Melhor Interpretação Feminina para Papas, Irene no Festival de Chicago, 1983 – US.

Bibliografia

Livros:

BALADI, Mauro. Dicionário de Cinema Brasileiro: filmes de longa-metragem produzidos entre 1909 e 2012. São Paulo: Martins Fortes, 2013.

MARQUEZ, Gabriel García. A incrível e triste história da cândida Erendira e sua avó desalmada. : , .

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/erendira/

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/Ficha Catalográfica
CB/LM
O Estado de S. Paulo, 09.10.1980, p. 24
ALSN/DFB-LM

Observações:
Indicado para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, 1984.
ALSN/DFB-LM indica trata-se de uma co-produção Brasil-MX-FR-UK com um custo de US$2 milhões”.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Um comentário em “Erendira (1983)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.