fbpx

Esta noite encarnarei no teu cadáver (1967)

Trailer

Sinopse

O cruel agente funerário Jozefel Zanatas (Zé do Caixão), sobrevive ao ataque das almas penadas do final de À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1964) continua sua obsessão de gerar o Filho Perfeito, um ser que esteja acima dos seres humanos normais e que garanta a perpetuidade de seu sangue.

Ele busca pela mulher ideal, aquela que será capaz de conceber sua criança, e não hesita em matar todos que ousam interferir em seus planos. Em sua procura, tortura e mata as mulheres que julga inferiores, bem como qualquer um que se interponha em seu caminho.

Elenco

José Mojica Marins (Zé do Caixão)
Roque Rodrigues
Nádia Tell
William Morgan
Tina Wohlers
Nivaldo de Lima
Tânia Mendonça
Osvaldo de Souza
Arlete Brazolin
Mina Monte

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Esta noite encarnarei no teu cadáver que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção e Roteiro: José Mojica Marins
Empresa Produtora: Ibéria Filmes
Produção Executiva: Augusto Pereira de Cervantes
Direção de Produção: Antônio Fracari
Direção Fotografia: Giorgio Attili
Fotografia de Cena Autor: Elias Litaldi
Montagem/Edição: Luiz Elias
Direção de Arte e Cenografia: José Vedovato

Bibliografia

Livros:

BARCINSKI, André; FINOTTI, Ivan. Maldito: a Vida e o Cinema de José Mojica Marins, o Zé do Caixão. São Paulo: Editora 34, 1998.

Fontes de Referência:

Internet:

http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Esta noite encarnarei no teu cadáver (1967)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.