fbpx

Fábio Barreto (1957-2019)

Biografia

Fábio Villela Barreto Borges, em arte conhecido como Fábio Barreto, foi um cineasta, roteirista, ator e produtor brasileiro nascido no Rio de Janeiro (RJ) no dia 06 de junho de 1957. Filho dos produtores Luiz Carlos Barreto e Lucy Barreto, é irmão do cineasta Bruno Barreto e da produtora Paula Barreto.

Começou sua carreira atuando no primeiro curta-metragem deste quando tinha nove anos de idade; o nome do filme era Três Amigos Que Não Se Separam, em que atuavam também a irmã (Paula Barreto) e a cadela Baleia, coadjuvante no filme Vidas Secas (1963).

Iniciou sua carreira no cinema aos 20 anos, dirigindo o curta-metragem A estória de José e Maria (1977). Foi assistente de direção de Carlos Diegues em Bye Bye, Brazil (1980).

E estreou como diretor de longa-metragem no Festival de Cannes de 1982, com Índia – A Filha do Sol (1982), inscrito na Quinzena dos Realizadores; tinha 24 anos. Seu filme O Quatrilho (1995) foi indicado para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 1995.

Como cineasta ficou mais conhecido por dirigir O Quatrilho (1995), indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, e por dirigir e co-escrever Lula, o Filho do Brasil (2009), um drama biográfico sobre a vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual foi considerado à época o filme mais caro da história do cinema brasileiro.

Trabalhou como ator em dois filmes: For all – O trampolim da vitória (1998) e Memórias do cárcere (1984) — e dirigiu 9 longas.

Na televisão, dirigiu um episódio da série Você Decide (TV Globo) em 1998. Foi também um dos responsáveis pela versão brasileira de Desperate Housewives, a série Donas de Casa Desesperadas (na Rede TV!), que rendeu 23 episódios nos anos 2007 e 2008.

Em dezembro de 2009, o cineasta Fábio Barreto sofreu um grave acidente automobilístico, no Rio de Janeiro, que o levou a ficar em coma e, depois de longo tempo de tratamento em casa, continuando parcialmente inconsciente por quase dez anos.

Fábio Barreto faleceu na noite do dia 20 de novembro de 2019, aos 62 anos, no Hospital Samaritano, na zona sul do Rio de Janeiro, onde ele estava internado. Ele continuava em coma desde que sofreu o acidente.

Deixou esposa, a atriz Deborah Kalume, e filhos, Julia, Mariana Pellegrino Barreto (de seu relacionamento com Dora Pellegrino), Lucas (de seu relacionamento com Amanda Martins) e o caçula João Barreto (fruto de sua união com Deborah Kalume).

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

2009 :: Lula, o Filho do Brasil
2007 :: Nossa Senhora de Caravaggio – O Filme
2002 :: A Paixão de Jacobina
2000 :: De conversa em conversa (CM)
1998 :: Bela Donna
1995 :: O Quatrilho
1991 :: Lambada
1988 :: Luíza homem
1985 :: O Rei do Rio
1982 :: Índia – A Filha do Sol
1977 :: A estória de José e Maria (CM)

:: Filmografia como Ator ::

1998 :: For all – O trampolim da vitória
1984 :: Memórias do cárcere
1966 :: Três Amigos Que Não Se Separam (CM)

:: Filmografia como Assistente de direção ::

1980 :: Bye Bye, Brazil

Bibliografia

Internet:

AGÊNCIA BRASIL. Cineasta Fábio Barreto morre aos 62 anos no Rio. Disponível no endereço: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-11/cineasta-fabio-barreto-morre-aos-62-anos-no-rio. Acesso em: 21 de novembro de 2019.
G1. Morre no Rio o cineasta Fábio Barreto. Disponível no endereço: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/11/20/morre-no-rio-o-cineasta-fabio-barreto.ghtml. Acesso em: 20 de novembro de 2019.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Fábio Barreto. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/fabio-barreto/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

5 comentários sobre “Fábio Barreto (1957-2019)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.