fbpx

Fernando Baleroni (1922-1980)

Biografia

Fernando Baleroni foi um ator nascido em São Paulo (SP) no dia 25 de novembro de 1922.

Começou sua carreira artística no rádio, como ator de radionovelas. Em 1953, foi contratado pela TV Tupi e estreou em Segundos Fatais, seguindo-se TV de Comédia (1958) e TV de Vanguarda (1954/1959). Participou da lendária série Falcão Negro, em 1955. Seu raio de atuação sempre ficou entre o drama e a comédia.

Estreou na telona em 1949 no filme Luar do Sertão, mas faz pouco cinema, com destaque para O Sobrado (1956), seu melhor momento nessa arte, e Cléo e Daniel (1970), seu último filme. Nos anos 1960, participou de pérolas como Redenção (1966) e Algemas de Ouro (1969).

Dirigiu alguns especiais nos anos 1950 com o Seu Pepino (1955) e Douglas Red (1956) e a novela A Pequena Karen (1966). Como ator, em 1973, fez seu último trabalho, Sol Amarelo, pela TV Record, quando praticamente encerrou a carreira artística.

Foi casado com a atriz Laura Cardoso, de 1949 até sua morte, em 22 de novembro de 1980, em São Paulo, três dias antes de completar 58 anos de idade. Do seu casamento de 31 anos com Laura, teve duas filhas, Fátima e Fernanda.

Foi um grande ator da geração, sendo muito respeitado por todos os colegas de trabalho.

Filmografia

1970 :: Cléo e Daniel
1960 :: Na Garganta do Diabo
1960 :: Dona Violante Miranda
1957 :: Paixão de Gaúcho
1956 :: O Sobrado
1949 :: Luar do Sertão

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Fernando Baleroni. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/fernando-baleroni/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: historiadocinemabrasil[email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.