fbpx

Francisco Campos (1905-)

Biografia

Francisco José Cabello Campos, mais conhecido como Francisco Campos, é um cineasta, produtor e diretor de fotografia nascido em Carmo de Minas (MG) em 1905. É filho do produtor e diretor Antonio Campos, com quem aprendeu tudo sobre cinema.

Seu primeiro filme foi feito em parceria com o pai, Uma Excursão Arrojada, de 1924, ano em que funda a Campos Filme.

A partir dos anos 1930, dirige uma série de documentários sendo o último que se tem registro em 1958, o documentário Príncipe Mikasa em Capital Bandeirante.

Não se tem conhecimento da data do seu falecimento.

Filmografia

(direção e fotografia): 1924-Uma Excursão Arrojada (LM) (codir. e cofot. Antonio Campos); 1931-Casa de Caboclo (LM) (fot.); 1932-Canção da Primavera (LM) (fot.); 1935-Ação Comunitária; 1935-Asilo Santa Terezinha; 1939-Agricultura e Pecuária em Batatais, São Paulo; Batatais – Cidade dos Jar-dins; Décimo Terceiro Aniversário da Guarda Civil de São Paulo; O Interventor Federal em Batatais, São Paulo; A Pesca na Praia Grande (Santos); Visita dos Jornalistas do Interior de São Paulo a Capital; 1940-Avaré; Brasileiros e Argentinos Disputam a Copa Roca; Uma Corporação Eficiente; Inauguração do Autódromo de Interlagos; Inauguração do Estádio do Pacaembu; Perdemos a Copa Roca; Segundo Aniversário do Governo Ademar de Barros; 1941-Águas de Serra Negra; Férias em Santos; Patrocínio – Estado de Minas Gerais; Preventório Nossa Senhora da Conceição; 1942-De José Bonifácio a Avanhandava; Terceira Consulta de Chanceleres no Rio de Janeiro; 1943-A Arte na Cerâmica;Cachoeira dos Índios; A Cidade da Vida e da Saúde; Corintians Versus São Paulo; Décima Exposição de Animais e Produtos Derivados; O Desfile da Pecuária na Fazenda da Barra; Fazenda Cravinhos; A Industrialização da Banana; Mobilização da Pecuária; Ouro Branco e ouro Verde; A Pecuária em Desfile na Chácara do Alto; Pecuária em Mirasol; Primeira Exposição Regional de Animais de Ribeirão Preto; Primeiro Clássico de 1943; Primeiro Congresso Eucarístico Diocesano de Taubaté; Rumo a Mirasol; O Segundo Majestoso de 1943; 1944-Americana; Americana em Foco; Araras; O Desenvolvimento da Pecuária em São João da Boa Vista; Exposição de Orquideas; Fazenda Santa Albertina; Leme; O Progresso da Mecânica no Brasil; A Tecelagem em São Paulo; Vitalizando o Solo; 1945-A Pesca em São Paulo; 1948-Presidente Dutra Visita São Paulo; 1949-Melhoramentos Urbanos – Inaugurado Pela C.M.T.C. o Serviço de Troleibus; 1955-Chuvas de Rosas (38 Milagres); Encanto do Sertão; 1956-França – Centenária (dir.); 1958-Príncipe Mikasa em Capital Bandeirante.

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/francisco-campos/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.