fbpx

Gabriel e a Montanha (2017)

Trailer

Sinopse

Filme que recria a viagem de Gabriel Buchmann, brasileiro formado em economia, que foi para a África a fim de estudar melhor a pobreza e se preparar para um doutorado em políticas públicas na UCLA.

Este é o segundo longa-metragem de ficção dirigido por Fellipe Barbosa, que esteve à frente do elogiado Casa Grande (2014), ganhador do prêmio do público no Festival do Rio.

A história real, com roteiro baseado em anotações, e-mails de Gabriel Buchmann para a sua mãe e namorada, e entrevistas com pessoas que cruzaram seu caminho na África, é dividida no longa em quatro capítulos, cada um ambientado em um país pelo qual ele viajou, até seu fim trágico. Gabriel morreu de hipotermia após decidir subir o Monte Mulanje, pico mais alto do Malawi com mais de 3 mil metros de altitude, sem a companhia de um guia. Seu corpo foi encontrado dias depois na subida da montanha.

Na viagem, Gabriel Buchmann também passou por países como Quênia e Tanzânia, sempre preocupado em conhecer as particularidades das comunidades locais, como a tribo dos Massais. Ele gastava entre dois e três dólares por dia e chegou a ajudar amigos que fez nessas regiões, pagando o aluguel mensal da casa de uma família africana com somente 12 dólares.

Ao longo da viagem, Gabriel, interpretado por João Pedro Zappa, se aventura por outras subidas difíceis, como o Kilimanjaro, ponto mais alto do continente africano. Ele também recebe a visita de sua namorada, Cris (Caroline Abras), que estava na África do Sul participando de um seminário sobre políticas públicas e, juntos, viajaram pela Tanzânia e Zâmbia. O principal objetivo do pesquisador era avaliar a miséria de perto.

O longa-metragem Gabriel e a Montanha, dirigido por Fellipe Barbosa, foi selecionado para o Festival de Cannes 2017, que aconteceu entre 17 e 28 de maio de 2017. O filme competiu na prestigiada mostra paralela Semana da Crítica, dedicada a revelar talentos emergentes do cinema.

Elenco

João Pedro Zappa …. Gabriel
Caroline Abras …. Cris

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Gabriel e a Montanha (2017) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Fellipe Gamarano Barbosa

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Gabriel e a Montanha. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/gabriel-e-montanha/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.