fbpx

Geneton Moraes Neto (1956-2016)

Biografia

FOTO Geneton Moraes NetoGeneton Moraes Neto foi um jornalista, escritor e cineasta brasileiro nascido em Recife (PE) no dia 13 de julho de 1956. Trabalhou por mais de 40 anos no jornalismo.

Autor de onze livros-reportagem – entre eles, Dossiê Drummond – com a última grande entrevista do poeta Carlos Drummond de Andrade – e Dossiê Brasilía: os segredos dos presidentes – com depoimentos de quatro ex-presidentes da República.

Participou ativamente do movimento de Cinema Super-8 registrado em Pernambuco entre o início dos anos 1970 e o início dos anos 1980. Nesta fase, dirigiu curtas premiados em festivais nacionais, como Funeral para a Década das Brancas Nuvens, Fabulário Tropical, A Flor do Lácio é Vadia e Esses Onze Aí – este, em parceria com Paulo Cunha.

No jornalismo impresso, passou pelo Diário de Pernambuco e Estado de S. Paulo. Na TV Globo, foi editor e repórter nas sucursais do Nordeste e do Rio de Janeiro. Depois, foi editor executivo do Jornal da Globo e do Jornal Nacional, além de editor-chefe do Fantástico. Trabalhou também como correspondente internacional da GloboNews e do jornal O Globo em Londres.

Desde 2006, estava à frente do programa Dossiê, na GloboNews. Acreditava que, com a multiplicação de canais, a televisão se tornou a grande tela para exibição de documentários, fora dos gargalos do circuito exibidor.

Dedicou-se à realização de documentários que eram exibidos na TV e no circuito alternativo, fora do esquema comercial.

Dirigiu, nos últimos anos de sua vida, quatro documentários de longa-metragem: Canções do Exílio (2010) – com depoimentos de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Jards Macalé e Jorge Mautner sobre o período em que viveram em Londres; Garrafas ao Mar: a víbora manda lembranças (2012) – sobre aquele que é considerado o maior repórter brasileiro o ex-correspondente de guerra Joel Silveira; Dossiê 50: Comício a favor dos náufragos (2013) – registro único da palavra de todos os onze jogadores da Seleção Brasileira que enfrentaram o Uruguai na final da Copa de 1950 – e Cordilheiras do Mar – A Fúria do Fogo Bárbaro (2015 – um filme sobre o terremoto político provocado por Glauber Rocha ao defender, no regime militar, novas saídas para o debate político brasileiro, para além das dicotomias entre direita x esquerda e militares x civis).

Geneton Moraes Neto faleceu no dia 22 de agosto de 2016, aos 60 anos, vítima de um aneurisma da aorta. Ele estava internado desde maio de 2016, na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro. Deixou a mulher, três filhos e quatro netos.

Publicações

NETO, Geneton Moraes. Caderno de Confissões Brasileiras. Recife: Editora Comunicarte, 1983.
______. Cartas ao Planeta Brasil. Rio de Janeiro: Editora Revan, 1988.
______. Dossiê 50: Os Onze Jogadores Revelam os Segredos da maior Tragédia do Futebol Brasileiro. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2000.
______. Dossiê 50: Os Onze Jogadores Revelam os Segredos da maior Tragédia do Futebol Brasileiro. Rio de Janeiro: Editora Maquinária, 2013. (Edição atualizada, com prefácio de Mino Carta)
______. Dossiê Brasil: as histórias por trás da história recente do país. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 1997.
______. Dossiê Brasilía: os segredos dos presidentes. São Paulo: Editora Globo, 2005.
______. Dossiê Drummond: a última entrevista do poeta. São Paulo: Editora Globo, 2007. – (Edição atualizada, com prefácio de Paulo Francis)
______. Dossiê Drummond: a última entrevista do poeta. São Paulo: Editora Globo, 1994. – (prefácio de Joel Silveira)
______. Dossiê Gabeira. São Paulo: Editora Globo, 2009. (Prefácio de Ignácio de Loyola Brandão)
______. Dossiê História: um repórter encontra personagens e testemunhas de grandes tragédias da História mundial. São Paulo: Editora Globo, 2007.
______. Dossiê Moscou. São Paulo: Geração Editorial, 2004. (Prefácio de Ferreira Gullar)
______ (org.). O Livro das Grandes Reportagens – Volume 1. São Paulo: Editora Globo, 2006.
______; SILVEIRA, Joel. Hitler/Stalin: O Pacto Maldito. Rio de Janeiro: Editora Record, 1990.
______; SILVEIRA, Joel. Nitroglicerina Pura. Rio de Janeiro: Editora Record, 1992.

Bibliografia

Livros:

FARACHE, Ana; CUNHA, Paulo. Geneton: Viver de Ver o Verde Mar. Recife: CEPE Editora, 2019.

Internet:

AGÊNCIA BRASIL. http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-08/corpo-do-jornalista-geneton-moraes-neto-sera-velado-amanha/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Geneton Moraes Neto. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/geneton-moraes-neto/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.