fbpx

Getúlio (2014)

Trailer

Sinopse

POSTER GetulioSe resolverem impor a violência, só levarão daqui o meu cadáver, diz Getúlio Vargas prestes a ser deposto da presidência. No primeiro trailer do filme Getúlio, finalmente podemos ver Tony Ramos encarnando o presidente. Além disso, o filme narra as últimas horas do então Presidente ainda como Chefe de Estado antes de seu fim trágico.

O filme conta a intimidade de Getúlio Vargas (Tony Ramos), então presidente do Brasil, em seus 16 últimos dias de vida. Pressionado por uma crise política sem precedentes, em decorrência das acusações de que teria ordenado o atentado contra o jornalista Carlos Lacerda (Alexandre Borges), ele avalia os riscos existentes até tomar a decisão de se suicidar.

Getúlio é dirigido por João Jardim (o mesmo do Pro Dia Nascer Feliz) e tem no elenco, além de Tony Ramos, Drica Moraes e Alexandre Borges, grande elenco. O filme teve estreia no Brasil no dia do trabalhador, dia 01 de maio de 2014.

Trata-se de uma coprodução da produtora brasileira Copacabana Filmes e da portuguesa Midas Filmes e foi um dos contemplados pelo edital de coprodução entre os dois países, organizado pela ANCINE e pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), na edição de 2011.

Getúlio também recebeu investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual no valor de R$ 1,5 milhão, por meio da Chamada Pública PRODECINE 01 (2008-2010).

O longa, que fez mais de 500 mil espectadores nos cinemas brasileiros, terá seu lançamento comercial em Portugal em 12 salas, no dia 23 de outubro de 2014.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Getúlio (2014) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: João Jardim
Roteiro: George Moura
Produtores: Carla Camurati e Cacá Diegues
Produção Executiva: Carla Camurati
Direção de Produção: Fernanda Neves
Direção de Fotografia: Walter Carvalho, abc
Direção de Arte: Thiago Marques
Montagem: Pedro Bronz e Joana Ventura
Figurino: Marcelo Pires e Valéria Stefani
Maquiagem: Martín Macias Trujillo
Trilha Musical: Federico Jusid
Som Direto: Pedro Melo
Som: Alessandro Laroca
Mixagem: Branko Neskov C.A.S.
Pós-Produção: Marcelo Pedrazzi
Empresa Produtora: Copacabana Filmes
CoProdutora: Midas Filmes, Fogo Azul Filmes, Globo Filmes
Distribuidora: Copacabana Filmes

Bibliografia

Livros:

NETO, Lira. Getúlio 1945-1954: Da volta pela consagração popular ao suicídio. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.
NETO, Lira. Getúlio 1930-1945: do governo provisório à ditadura do Estado Novo. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.
NETO, Lira. Getúlio 1882-1930: dos anos de formação à conquista do poder. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

Internet:

ANCINE – AGÊNCIA NACIONAL DO CINEMA. Getúlio. Disponível no endereço: https://www.ancine.gov.br/pt-br/brasil-nas-telas
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Getúlio. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/getulio/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

2 comentários sobre “Getúlio (2014)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.