fbpx

Gilda Nomacce

Gilda Nogueira Macedo, em arte conhecida como Gilda Nomacce, é uma atriz brasileira nascida em Ituverava (SP) no dia 01 de agosto de 1971.

Nascida no interior paulista, descobriu seu dom para a atuação ainda na infância. Formou-se na City Lit School of Art, em Londres. Nos Estados Unidos, realizou Residência Artística em Watermill Center, coordenado pelo diretor Robert Wilson. Depois, em 2009, fez outra Residência Artística em Moscou, no Teatro de Tabakov.

De volta ao Brasil, integrou-se ao CPT (Centro de Pesquisa Teatral), trabalhando com Antunes Filho, durante seis anos.

Como atriz profissional, participou de inúmeras peças de teatro, além de atuar no cinema e em diversas produções televisivas, como novelas, séries e especiais.

Em 2003, juntamente com atores integrantes do CPT, fundou a Companhia da Mentira, cujo primeiro trabalho foi a montagem de O que Você foi Quando era Criança? (2005), de Lourenço Mutarelli, com direção de Donizeti Mazonas e Gabriela Flores, com a qual foi indicada para o Prêmio Shell de melhor texto e ovacionado pela critica especializada; montaram Soslaio (2007), escrito por Priscila Gontijo. Em 2009, realizou a montagem Music-Hall, de Jean-Luc Lagarce, sob a direção de Luiz Päetow.

Sua primeira aparição na televisão foi numa breve participação em De Corpo e Alma (1992), telenovela produzida e exibida pela Rede Globo. No final dos anos 1990, Gilda Nomacce também participou de diversos programas de TV, como Jô Soares Onze e Meia e Programa Ana Maria Braga, apresentando-se como cover da atriz Rita Hayworth em sua personagem Gilda, homônima da atriz.

Mais recentemente, pode ser vista na televisão em Assédio, série da Rede Globo, e em A Garota da Moto, do SBT. Paralelamente, também atuou em produções de canais por assinatura, como a série Todxs Nós, da HBO; além de plataformas streaming, como a Netflix

No cinema, trabalhou com grandes diretores como Hector Babenco, Laís Bodanzky, Marco Dutra; Juliana Rojas, entre outros.

Em 2007, atuou em Um Ramo (2007), de Marco Dutra e Juliana Rojas, exibido no Festival de Cannes.

Em 2010, destacou-se em Luz nas Trevas (2010), de Helena Ignez.

Em 2011, atuou no longa Trabalhar Cansa (2011), de Marco Dutra e Juliana Rojas, pelo qual foi premiada como Melhor Atriz Coadjuvante do Festival de Brasília.

Em 2014, esteve nas telas em filmes como Quando eu era Vivo (2014), com Antônio Fagundes e Sandy Leah; Quando eu era Vivo, de Marco Dutra; Ausência, de Chico Teixeira; Sinfonia da Necrópole e do curta-metragem O Segredo da Família Urso.

Em 2015, atuou em Meu Amigo Hindu, dirigido por Hector Babenco, e Califórnia, dirigido pela cineasta Marina Person.

Em 2017, atuou em As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra e A Passagem do Cometa, de Juliana Rojas.

Mais recentemente, atuou em Minha Única Terra é na Lua, de Sergio Silva; Humores Artificiais, de Gabriel Abrantes; os recentes Todos os Mortos, de Caetano Gotardo e Marco Dutra, Meu Nome é Bagdá, da Caru Alves de Souza; Casa das Antiguidades, de João Paulo Miranda Maria; O Adeus do Comandante, de Sérgio Machado e Obsolência, de João Marcos de Almeida; Estamos todos na sarjeta, mas alguns de nós olham as estrelas.

Em 2020, graças a sua extensa carreira, tem mais de 100 filmes no currículo, Gilda Nomacce foi a homenageada do 10º CineFantasy. A atriz também esteve presente da Mostra competitiva de Horror do festival, voltado para filmes dos gêneros fantásticos e de terror, com o filme 5 Estrelas, curta-metragem dirigido por Fernando Sanches.

Filmografia

:: Obsolência
:: O Adeus do Comandante
2020 :: Estamos todos na sarjeta, mas alguns de nós olham as estrelas
2020 :: Casa das Antiguidades
2020 :: 5 Estrelas (CM)
2020 :: Meu Nome é Bagdá
2020 :: Todos os Mortos
2019 :: As Viajantes
2018 :: A Última Cova (CM)
2018 :: Pagar 4 Nunca Mais
2018 :: Tea for Two (CM)
2018 :: Onde Quer que Você Esteja
2018 :: Menino Pássaro (CM)
2018 :: A Pedra da Serpente …. Maria
2018 :: Todo clichê do amor
2018 :: Lilith (CM)
2017 :: Humores Artificiais (CM) (Brasil/Portugal)
2017 :: Filme-Catástrofe
2017 :: As Boas Maneiras
2017 :: Como Nossos Pais
2017 :: Minha Única Terra é na Lua (CM)
2017 :: Ainda Não
2017 :: A Passagem do Cometa (CM)
2017 :: Duas Mulheres
2016 :: Love Snaps
2016 :: Janeiro
2015 :: Califórnia
2015 :: Meu Amigo Hindu
2014 :: Sinfonia da Necrópole
2014 :: O Segredo da Família Urso
2014 :: Quando eu era Vivo
2014 :: Ausência
2014 :: Nua Por Dentro do Couro (CM)
2013 :: Gata Velha Ainda Mia
2013 :: Natureza Morta (CM)
2013 :: Grilada (CM)
2013 :: De Menor
2012 :: O Duplo (CM)
2011 :: Trabalhar Cansa
2011 :: Jibóia – O Filme (CM)
2011 :: Pra eu dormir tranquilo
2010 :: Luz nas Trevas
2009 :: Depois do Almoço (CM)
2008 :: A Bela P… (CM)
2007 :: Um Ramo (CM)

Bibliografia

Livros:

Internet:

ATUAR. Gilda Nomacce. Disponível no endereço: http://atuar.artsonhoproducoes.com.br/talent/gilda-nomacce/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Gilda Nomacce. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/gilda-nomacce/
VIMEO. Gilda Nomacce. Disponível no endereço: https://vimeo.com/gildanomacce

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]