fbpx

Giulio Lopes

Sinopse

Giulio Lopes é um ator brasileiro nascido em Poá (SP) no dia 24 de julho de 1960.

Iniciou sua carreira como ator teatral em 1983 na peça Carmina Burana, depois La Vida Breve (1983) e O Apocalipse ou o Capeta de Caruaru (1984), de Aldomar Conrado e o grupo Caentrenós de teatro amador, as três dirigidas por Silney Siqueira.

Em 1986, começou a estudar na Escola de Arte Dramática da USP e sua primeira peça nessa fase é O Urso (1986), direção de Sérgio Conventi e em seguida Farsa Infantil da Cabeça do Dragão (1989), direção de Cláudio Lucchesi.

Nos anos 1990, dedicou-se a sua empresa Capital Cenográfica, especializada em cenografia, retornado à carreira de ator na peça Laços Eternos (2000), de Zibia Gasparetto, direção de Bruna Gasgon, depois Homens de Papel (2001), direção de Iacov Hillel, O Enigma Blavatsky (2003), direção de Iacov Hillel, e O Inimigo do Povo (2007), direção de Sérgio Ferrara. Estreia na direção em 1985, na peça Frank Sinatra 4815, de João Bethencourt, Sua Excelência, o Candidato (1986/1988), de Marcos Caruso e Jandira Martini, e Me Engana que eu Gosto (1991/1992), de Cláudio Haddad.

Em 1998, fez sua primeira novela, Torre de Babel, depois Suave Veneno (1999), Cristal (2006), Desejo Proibido (2007), Dance, Dance, Dance (2008) e Três Irmãs (2009), além de participar dos humorísticos Casos e Acasos (2008) e A Grande Família (2009).

Estreou no cinema no curta Vivendo Carnaval (2002). No ano seguinte, foi o protagonista de Contra Todos, em elogiada atuação que lhe rende vários prêmios como nos festivais de Recife e Natal.

Em 2006, inesperadamente, sofre um AVC (Acidente Vascular Cerebral), deixando-o em coma por oito dias.

Recuperado, retomou sua carreira. Está casado com a atriz Eliana Guttman.

Filmografia

2017 :: João: o Maestro
2017 :: Real – O Plano por trás da história
2015 :: Se Deus vier que venha armado
2009 :: Salve Geral!
2008 :: Meu Nome não é Johny
2008 :: Encarnação do Demônio
2008 :: Verônica
2007 :: Querô
2007 :: Não por Acaso
2006 :: Antonia – O Filme
2006 :: Os 12 Trabalhos
2004 :: Contra Todos …. Teodoro
2002 :: Vivendo Carnaval (CM)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Giulio Lopes. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/giulio-lopes/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.