fbpx

Heitor Dhalia

Biografia

Heitor Dhalia é um cineasta brasileiro nascido em Pernambuco em 1970. Trabalhou com propaganda e criou mais de cem campanhas publicitárias.

Estreou no cinema como assistente de direção de Aluísio Abranches em Um copo de cólera (1999), e nesse mesmo ano co-dirigiu, com Renato Ciasca, o curta-metragem Conceição.

Em 2002, voltou a trabalhar com Aluísio Abranches, como co-roteirista de As três Marias. Em 2004, estreou na direção de longa-metragem com Nina, filme livremente inspirado no romance Crime e castigo, de Fiodor Dostoievski.

Seu segundo filme, O cheiro do ralo (2006), baseado no livro homônimo do quadrinista Lourenço Mutarelli e com roteiro de Marçal Aquino e do próprio Dhalia, ganhou o prêmio do júri de melhor filme e prêmio da crítica na Mostra de São Paulo, o prêmio especial do júri no Festival do Rio e entrou na seleção oficial do Sundance Film Festival de 2007, na competição mundial de filmes de ficção. Em 2009, lança o longa À deriva, selecionado para a mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes.

No mesmo ano, inaugura no Brasil a filial da Celluloid Dreams, uma das mais atuantes produtoras e distribuidoras independentes do mercado internacional, ao lado de Patrick Siaretta, da Teleimage, Tatiana Quintela, ex-secretária de Cultura de Paulínia, e o produtor Fernando Menocci.

Seu próximo projeto é a filmagem do longa Depois da ilha, primeira produção da Celluloid Brasil.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

2019 :: Anna
2018 :: Tungstênio
2017 :: On yoga – Arquitetura da paz
2013 :: Serra Pelada
2012 :: Gone (12 Horas)
2009 :: À deriva
2006 :: O cheiro do ralo
2004 :: Nina
1999 :: Conceição

:: Filmografia como Roteirista ::

2017 :: On yoga – Arquitetura da paz
2013 :: Serra Pelada
2009 :: À deriva
2006 :: O cheiro do ralo
2004 :: Nina
2002 :: As três Marias
1999 :: Conceição

Bibliografia

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]