fbpx

Heloisa Passos, abc

Biografia

Heloisa Azevedo Passos, em arte mais conhecida como Heloisa Passos, é uma cineasta, roteirista, diretora de fotografia e produtora brasileira nascido em Curitiba (PR) em 1967. Estudou Agronomia e Sociologia na UFPR, sem concluir, depois fotografia e inglês em Londres.

Trabalha com cinema e fotografia desde o final dos anos 80. Iniciou sua carreira como fotógrafa profissional em 1989 no curta Tangência, produzido na bitola 16mm, trabalho coletivo liderado por Marco Aurélio Penha, como resultado do curso de cinema ministrado por José Joffily. No mesmo ano estreia na direção, no vídeo M.Bakun. Trabalhou no MIS-PR. Em 1992, fez curso na Alemanha sobre câmeras Arriflex.

No Rio de Janeiro, foi assistente de câmera nos filmes Todos os Corações do Mundo (1995), de Murilo Salles; e Tieta do Agreste (1995), de Carlos Diegues, depois operadora de câmera em Menino Maluquinho 2 (2000) e Gaijin – Ama-me Como Sou (2005). Em 2001, dirigiu seu primeiro curta em 35mm, Do Tempo Em Que Eu Comia Pipoca.

Em 1997, fundou, em Curitiba, a produtora Seven Filmes, que atua principalmente no cinema publicitário. A partir de 1999, assinou a fotografia de diversos curtas, até chegar a seu primeiro longa-metragem, Meninas (2006), de Sandra Werneck e logo em seguida Mulheres do Brasil (2006), de Malu de Martino. Em 2005, dirige seu terceiro curta, em 35mm, o premiado Viva a Volta, sobre o famoso trombonista Raul de Souza e, em 2006, o documentário de média-metragem feito em vídeo Caminho da Escola Paraná.

Na televisão, é diretora de fotografia de um episódio da série Alice, pela HBO e quatro de O Amor Segundo B. Shienberg, de Beto Brant, pela TV Cultura.

Foi fotógrafa da produção internacional Send a Bullet (2007) e dos recentes Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (2009), de Karin Aïnouz e Marcelo Gomes; e Como Esquecer, de Malu de Martino.

Recebeu diversos premios nacionais e internacionais, entre eles, Melhor Fotografia no Festival de Cinema do Rio 2009, Melhor Fotografia no Festival de Cinema de Gramado 2008, Melhor Cinematografua no Sundance Film Festival 2007 e Melhor Direção no Cine Ceara 2006.

Fotografou a instalação Ah, Se tudo fosse sempre assim para a 26º Bienal de Sao Paulo. Em 2006, lancou o livro de fotografias Desdobramentos.

Como diretora, dirigiu Osório (2008), Caminho da Escola Paraná, Viva Volta e Do Tempo Que eu Comia Pipoca. Em 2010, chegou, como diretora, ao seu primeiro longa, Deserto D’Água, em HD.

Heloisa Passos é Membro da ABC (Associação Brasileira de Cinematografia) e faz parte da Sambaphoto. Hoje é das mais competentes e ativas profissionais do Cinema Brasileiro.

Filmografia

:: Filmografia como Diretora de Fotografia ::

2017 :: Construindo Pontes
2016 :: Mulher do Pai
2011 :: Rânia
2010 :: Amor!
2010 :: Como Esquecer
2010 :: Estação (CM)
2009 :: Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo
2009 :: Antes de Hoje e Depois de Amanhã
2009 :: Elo (CM)
2009 :: O Amor Segundo B. Schianberg
2009 :: O Menino Japonês (CM)
2008 :: Areia (CM)
2008 :: KFZ-1348
2008 :: Sonho de Tilden (CM)
2008 :: Osório (CM)
2007 :: Manda Bala (Send a Bullet) (Brasil/EUA)
2006 :: Meninas (cofot. Fred Rocha)
2006 :: Mulheres do Brasil
2006 :: Ouvindo Imagens (Image a Parole) (Brasil/Suécia) (cofot. Michel Favre, Ulrich Fisher e Denis Jutzeler)
2005 :: Viva Volta (CM)
2003 :: A Espera (CM)
2003 :: Cartas da Mãe (CM)
2003 :: Paisagem de Meninos (CM)
2003 :: Sexualidades (CM)
2002 :: O Fim do Ciúme (CM)
2002 :: Visionários (CM)
2001 :: Do Tempo Que eu Comia Pipoca
2000 :: Brennand – De Ovo Omnia (CM) (cofot. Jacques Cheuiche)
1999 :: Rádio Gogó (CM) (cofot. Hamilton Oliveira)
1999 :: Trilogia: Ariel, Luz e Tati (CM)
1989 :: M.Bakun (CM)
1989 :: Tangência (CM) (cofot. André Rassi)

:: Filmografia como Diretora ::

2017 :: Construindo Pontes
2011 :: Deserto D’Água
2008 :: Osório (CM)
2008 :: Mulher Biônica (CM) (codir. Tina Hardy e cofot. Kika Cunha)
2006 :: Caminho da Escola Paraná
2005 :: Viva Volta (CM)
2001 :: Do Tempo Que eu Comia Pipoca (codir. Catherine Agniez)
1999 :: Trilogia: Ariel, Luz e Tati (CM) (codir.: Marina Willer e Fernando Kinas)
1992 :: Coisas Prateadas (CM)
1989 :: Não Sei Quando Volta (CM)
1989 :: M.Bakun (CM)

:: Filmografia como Roteirista ::

2017 :: Construindo Pontes

:: Filmografia como Produtora ::

2017 :: Construindo Pontes

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Heloisa Passos. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/heloisa-passos/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “Heloisa Passos, abc

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.