fbpx

Holocausto Brasileiro (2016)

FOTO Holocausto BrasileiroNo começo do século XX, em Barbacena, Minas Gerais, foi fundado o Hospital Colônia, para tratar tuberculosos e doentes psiquiátricos. Mas o que se escondia por trás daqueles muros era uma realidade estarrecedora: durante anos, homens, mulheres e crianças partiam para uma viagem sem volta ao inferno. O lugar era o trágico destino daqueles que a sociedade considerava desajustados: pobres, homossexuais, meninas grávidas, prostitutas, alcoólatras, crianças indesejadas. Até o início dos anos 1980, milhares foram torturados, violados e esquecidos. Cerca de 60 mil morreram e poucos sobreviveram.

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Holocausto Brasileiro (2016) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Armando Mendz e Daniela Arbex
Roteiro: Daniela Arbex
Produção: Alessandro Arbex, Daniela Arbex, Roberto Ríos, Maria Angela de Jesus, Paula Belchior e Patrícia Carvalho
Direção de Fotografia: Mauro Pianta
Montagem: Fabio Cabral
Empresa Produtora: Vagalume Filmes
Distribuição: HBO Latin America

Brasil | Documentário | Cor | DCP | 90 min. | 2016

Livros:

ARBEX, Daniela. Holocausto Brasileiro. São Paulo: Geração Editorial, 2013.
______. Holocausto brasileiro. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2019.

Internet:

FESTIVAL DO RIO 2016. http://www.festivaldorio.com.br/br/filmes/holocausto-brasileiro
HISTORIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/holocausto-brasileiro/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.