fbpx

Hugo Carvana (1937-2014)

Biografia

Hugo Carvana de Hollanda, em arte conhecido como Hugo Carvana, foi um ator, roteirista, produtor e diretor de cinema e televisão brasileiro nascido em Lins de Vasconcelos (RJ) no dia 04 de junho de 1937. Marcado pelo jeito malandro e carioca, da infância passada em Lins de Vasconcellos, era filho da costureira Alice Carvana de Castro e do comandante da Marinha Clóvis Heloy de Hollanda. Trabalhou como contínuo de uma multinacional, onde entrega cartas e esporadicamente faz pequenos papéis em shows.

Estreou no cinema em 1955 no filme Trabalhou Bem, Genival e não para mais, atingindo a fenomenal marca de oitenta filmes, entre eles grandes clássicos do Cinema Brasileiro como Os Cafajestes (1962) e O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro (1969).

Como diretor de cinema, produziu uma trilogia divertida sobre a malandragem carioca, em que interpretava o personagem Dino. O primeiro deles, Vai trabalhar, vagabundo (1973), filme em que estreou na direção, lhe valeu o prêmio de Melhor Filme no Festival de Gramado. Dirigiu também O Homem Nu (1997), Apolônio Brasil, Campeão de Alegria (2003) e A Casa da Mãe Joana.

De 1973 a 2009, produziu e dirigiu sete filmes, sendo que nos três últimos optou apenas pela direção. Em 1973, no auge da ditadura, atuou e dirigiu a primeira comédia, Vai trabalhar, vagabundo. Ironicamente, seu personagem Secundino Meireles sai da prisão, vê o sol e grita, Bom dia, professor! Se Segura Malandro!, em 1978, homenageia as pessoas simples do povo e o seu amado Rio de Janeiro.

Em 1982, veio o Bar Esperança, o último que fecha, dedicado aos amigos das mesas dos botequins, aos intelectuais da esquerda festiva. E em 1991, ressuscitou, literalmente, o personagem Secundino Meireles em Vai Trabalhar Vagabundo II – A Volta, que se levanta do caixão em busca de um antigo amor.

O ator também foi um militante político. Depois do golpe dos militares, que assumiram o poder em 1964, Carvana começou a freqüentar as reuniões do grupo de teatro Opinião, de resistência à ditadura, encontrando uma turma politizada e descobrindo que a arte tinha uma função social. O amadurecimento o dessa participação política foi na década de 1980, quando atuou intensamente na campanha Diretas Já.

Até então com carreira predominantemente cinematográfica, em 1975, finalmente rende-se à televisão e interpreta Jacaré, na novela Cuca Legal. E não parou mais, alternando sua carreira, nos últimos 30 anos, entre cinema e televisão.

Como ator, seu personagem mais famoso na telinha é Valdomiro Penna no seriado Plantão de Polícia, em 1979. Atuou em dezenas de novelas, com destaque para Gabriela (1975), como Argileu Palmeira; Roda de Fogo (1986), como Paulo Costa; O Dono do Mundo (1991), como Lucas; Porto dos Milagres (2001), como Dr. Gouveia; Celebridade (1992), como Lineu Vasconcelos; e – mais recentemente – Paraíso Tropical (2007), como Belizário; e Três Irmãs (2009), no papel de Andrade. Dirige também shows de artistas importantes.

Como presidente da Fundação de Artes do Rio de Janeiro (Funarj), durante o governo de Leonel Brizola, realizou projetos revolucionários, como festas populares e religiosas, promovendo animação cultural na Baixada Fluminense e interior do Estado.

Seus filmes mais recentes, todos de comédia, foram Não se preocupe, nada vai dar certo, com Gregório Duvivier, Tarcísio Meira e Mariana Rios; Casa da Mãe Joana (2008) e Casa da Mãe Joana 2 (2013), com Juliana Paes, Malu Mader e José Wilker, também morto no ano de 2014. Era também torcedor ilustre do Fluminense.

Faleceu em 04 de outubro de 2014. Um grande talento brasileiro, construiu um tipo de malandro carioca, que adorava mulheres e detestava trabalhar, mas a realidade de sua vida era bem diferente da ficção, pois mantinha estável seu casamento de mais de quarenta anos, trabalhava duro e era obstinado naquilo que fazia. Era casado desde 1966 com Martha Alencar, com quem teve quatro filhos, Pedro Carvana, Maria Clara, Júlio e Rita.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2014 :: Rio, Eu te Amo (Episódio: Dona Fulana)
2013 :: Casa da Mãe Joana 2
2013 :: Vendo ou Alugo
2013 :: Giovanni Improtta
2011 :: Peréio, Eu te odeio
2010 :: 5x Favela, Agora Por Nós Mesmos
2009 :: Histórias de amor duram apenas 90 minutos
2008 :: Deus vai nos ajudar
2008 :: Casa da Mãe Joana
2006 :: Achados e perdidos
2006 :: O Maior Amor do Mundo
2005 :: Mais uma vez Amor
2003 :: Apolônio Brasil, Campeão de Alegria
2002 :: Lara
2002 :: Deus é Brasileiro
2001 :: Sonhos tropicais
2001 :: A Breve História de Cândido Sampaio (CM)
2000 :: O Cabeça de Copacabana (CM)
1998 :: Mauá – O Imperador e o Rei
1997 :: À Meia Noite com Glauber Rocha (CM)
1997 :: Happy Hours (CM)
1996 :: O Homem Nu
1991 :: Vai Trabalhar Vagabundo II – A Volta
1991 :: Assim na tela como no céu
1990 :: Até a última gota …. Narração
1990 :: Boca de ouro
1988 :: Por Dúvida das Vias (CM)
1987 :: Leila Diniz
1985 :: Avaeté – Semente da vingança
1985 :: Marçal de Souza, o Guarani (CM) (narração)
1984 :: Bete Balanço
1984 :: Águia na cabeça
1982 :: A Fabulosa Amazônia (CM) (narração)
1982 :: Bar Esperança, o último que fecha
1980 :: O Pulo do Gato (narração)
1980 :: Até a Última Gota (narração)
1980 :: O Homem Morcego (CM) (narração)
1978 :: Se Segura Malandro!
1978 :: Anchieta, José do Brasil
1978 :: Alô Teteia
1978 :: A queda
1978 :: Mulheres de Cinema (CM) (narração)
1977 :: Alô Tetéia (CM)
1977 :: Como se Faz um Malandro (CM)
1977 :: As Aventuras de Momo Montanha (Jorden er Flad) (Dinamarca/Brasil)
1977 :: Tenda dos Milagres
1977 :: Mar de Rosas
1977 :: Gordos e Magros
1976 :: A Nudez de Alexandra (Un Animal Doué de Déraison) (França/Brasil)
1975 :: Veredas de Minas (CM) (narração)
1975 :: A nudez de Alessandra
1975 :: O Escritor na Vida Pública (Episódio: Afonso Arinos de Melo Franco) (CM) (narração)
1974 :: O Tempo e a Forma (CM) (narração)
1974 :: Um Contador de Histórias (CM) (narração)
1974 :: Carro de Bois (CM) (narração)
1974 :: O Habitante de Pasárgada (CM) (narração)
1974 :: Chorinhos e Chorões
1974 :: Ipanema, Adeus
1973 :: Humor Amargo (CM)
1973 :: Arquitetura de Morar (CM) (narração)
1973 :: Chorinhos e Chorões (CM) (narração)
1973 :: Vai trabalhar, vagabundo
1972 :: Toda nudez será castigada
1972 :: Tati, a garota
1972 :: Amor, carnaval e sonhos
1972 :: Quando o carnaval chegar
1972 :: Câncer
1972 :: Arquitetura Rio (CM) (narração)
1971 :: Klaxon (CM)
1971 :: Matei Por Amor
1971 :: O rei dos milagres
1971 :: Procura-se uma virgem
1971 :: Capitão Bandeira contra o Doutor Moura Brasil
1970 :: Palácio dos Arcos (CM) (narração)
1970 :: Vinícius de Moraes (CM) (narração)
1970 :: Pindorama
1970 :: Jardim de guerra
1970 :: O leão de sete cabeças (Der Leone Have Sept Cabeças)
1970 :: Os herdeiros
1969 :: Dramática Popular (CM) (narração)
1969 :: Pedro Diabo ama Rosa Meia-Noite
1969 :: A criação literária de João Guimarães Rosa …. Narração
1969 :: O Anjo Nasceu
1969 :: Macunaíma
1969 :: Um Sonho de Vampiros (voz)
1969 :: Tempo de Violência
1969 :: O Bravo Guerreiro
1968 :: O dragão da maldade contra o santo guerreiro (Brasil/França/Alemanha)
1968 :: Como vai, vai bem? (Episódio: O Apartamento)
1968 :: A vida provisória
1968 :: O Homem que Comprou o Mundo
1968 :: Antes, o verão
1968 :: Um homem e sua jaula
1968 :: Colagem (CM) (narração)
1968 :: A Criação Literária em João Guimarães Rosa (CM) (narração)
1968 :: José Lins do Rego (CM) (narração)
1968 :: Câncer
1968 :: Jardim de Guerra
1968 :: Um Homem e sua Jaula
1967 :: O engano
1967 :: Terra em Transe
1966 :: A Grande Cidade
1965 :: O desafio
1965 :: A falecida
1964 :: Crime de amor
1964 :: Os Fuzis
1962 :: Os Cafajestes
1962 :: Esse Rio que eu amo (Episódio: Noite de Almirante)
1957 :: Tudo é música
1956 :: Contrabando
1955 :: Trabalhou bem… Genival

:: Filmografia como Diretor ::

2013 :: Casa da Mãe Joana 2
2011 :: Não se preocupe, nada vai dar certo
2008 :: Casa da Mãe Joana
2003 :: Apolônio Brasil, Campeão da Alegria
1996 :: O Homem Nu
1993 :: Vai Trabalhar Vagabundo II – A Volta
1982 :: Bar Esperança
1978 :: Se Segura Malandro!
1973 :: Vai trabalhar, Vagabundo
1971 :: Museu Nacional de Belas Artes (CM) (codir. Gustavo Dahl, João Carlos Horta, Antonio Penido, Eduargo Gomes dos Santos e Nelson Honorino)

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2018 :: Carvana
2017 :: Eu, Meu Pai e os Cariocas – 70 Anos de Música no Brasil
2003 :: Glauber o Filme; Labirinto do Brasil
1993 :: Gramado – Três Décadas de Cinema (CM)

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
ZAPPA, Regina. Hugo Carvana. Rio de Janeiro: Relume Dumara/Prefeitura de Rio/Secretaria de Cultura, 2005.

Internet:

ABRACI-RJ. http://www.abracirj.org.br/ – ABRACI-RJ – Associação Brasileira de Cineasta do Rio de Janeiro – Brasil
FILMEB. http://www.filmeb.com.br/ – Filme B – Brasil

WIKIPEDIA. http://pt.wikipedia.org/wiki/Hugo_Carvana

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados