fbpx

Iafa Britz

Biografia

Iafa Britz é uma produtora brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ), em 1971. Formada em Informática pela PUC do Rio de Janeiro e começou produzindo comerciais e vídeos institucionais, tendo feito mais de 50 trabalhos entre 1994 e 1997.

Em 1996, entrou para a TV Manchete como produtora executiva. Entre 1997 e 1998 produziu vários curtas-metragens, entre eles Burro-sem-rabo, de Sérgio Bloch, e Pão de Açúcar, de João Emanuel Carneiro.

Produtora carioca, fundou, em janeiro de 2010, a Migdal Filmes. Foi sócia da Total Entertainment e uma das diretoras do Festival do Rio, no qual foi responsável pelos seminários de mercado e pela criação da área de negócios.

Atualmente também é membro do Sindicato Interestadual da Indústria do Audiovisual (SICAV), do Rio de Janeiro.

Na Total Entertainment atuou como produtora executiva de Avassaladoras (2002), de Mara Mourão e produtora dos longas-metragens Viva sapato! (2003), de Luiz Carlos Lacerda, e Sexo, amor e traição (2004), de Jorge Fernando, refilmagem do mexicano Sexo, pudor y lágrimas (1999), de Antonio Serrano.

No núcleo de produção da Total Entertainment realizou Mais uma vez amor (2005), de Rosane Svartman, e Se eu fosse você (2006), de Daniel Filho. Coordenou ainda a produção dos longas Sexo com Amor? (2008), de Wolf Maya, A guerra dos Rocha (2008), de Jorge Fernando, O homem que engarrafava nuvens (2009), de Lírio Ferreira, e Se eu fosse você 2 (2009), de Daniel Filho.

Iafa Britz foi também coprodutora de dois longas-metragens estrangeiros rodados no Brasil: A garota do Rio (2000), de Chris Monger; e My father (2002), do ítalo-húngaro Egydio Eronico.

No segundo semestre de 2008, participou do laboratório de produção do Sundance Institute, em Utah, nos EUA, com o projeto do filme Casa grande, longa de estreia do diretor Felipe Gamarano Barbosa, que foi anunciado como um dos primeiros filmes a compor o lineup da recém-criada Migdal Filmes. Outros projetos da Migdal Filmes incluem Nosso lar, uma coprodução com a Cinética Filmes, dirigida por Wagner Assis; Da Fé, uma paródia dos favela movies a ser coproduzida com Mariza Leão; o drama Vozes, de César Rodrigues; e a produção internacional Talking to the Dead, roteiro inspirado no livro de Barbara Weinsberg, sobre o caso das irmãs norte-americanas Maggie e Katie Fox, que alegavam ter contato com espíritos.

Iafa Britz foi produtora da TV Manchete, coordenadora do curso “Film and Television Business”, diretora do Festival de Cinema do Rio e sócia da Total Entertainment, produtora de filmes como Se eu Fosse Você e Se eu Fosse Você 2. Fundou a Migdal Filmes, onde trabalha hoje.

Filmografia

:: Filmografia como Produtora ::

2019 :: Minha Mãe é uma Peça 3
2019 :: M8 – Quando a Morte Socorre a Vida
2018 :: Intimidade Entre Estranhos
2017 :: Duas de Mim
2016 :: Minha Mãe é uma Peça 2
2015 :: Linda de morrer
2014 :: Cássia
2014 :: Irmã Dulce – O Filme
2013 :: Minha Mãe é uma peça – O Filme
2010 :: Nosso Lar
2010 :: High School Musical: O Desafio
2009 :: Divã
2009 :: Se Eu Fosse Você 2
2008 :: A Guerra dos Rocha
2008 :: Mais Uma História no Rio
2006 :: Se Eu Fosse Você
2007 :: Primo Basílio
2004 :: Sexo, Amor e Traição
2002 :: Avassaladoras
2001 :: Um Crime Nobre
1996 :: Pão de Açúcar

:: Filmografia como Produtora Executiva ::

2014 :: Cássia
2014 :: Irmã Dulce – O Filme
2012 :: 31 Minutos, o Filme
2009 :: O Homem que Engarrafava Nuvens
2009 :: Se Eu Fosse Você 2
2009 :: Divã
2008 :: Sexo com Amor?
2006 :: Se Eu Fosse Você
2006 :: Muito Gelo e Dois Dedos D’Água
2005 :: Mais Uma Vez Amor
:: Meu Pai
2003 :: Aos Olhos de uma Mulher
2002 :: Viva Sapato!
1997 :: Burro sem Rabo

Publicações

DE LUCA, Luiz Gonzaga Assis; BRITZ, iafa; BRAGA, Rodrigo Saturnino. Film Business: o negócio do cinema. São Paulo: Campus-Elsevier, 2010.

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

ALMEIDA, Paulo Sérgio; OLIVEIRA, José Maria de. (org.). Quem é Quem no Cinema. Rio de Janeiro: Iluminuras, 2003.

Internet:

FILMEB. http://www.filmeb.com.br/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Iafa Britz

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.