fbpx

Inexato (2003)

Sinopse

Uma seqüência de movimentos corporais que se espraia por um vão urbano. Bailado infrequente como as luzes da cidade, plena de faróis e anúncios luminosos, movimentos nem sempre sincronizados da urbanidade. Uma dança insólita, quebrada, como as construções de prédios, ruas e avenidas que, paradoxalmente, já não acolhem nosso corpo de baile.

O curta, dirigido por Sávio Leite, foi selecionado nas seguintes mostras e festivais de cinema e video: 6º Festival Internacional de Curtas Metragens de Belo Horizonte – 2004; 3o NÓIA – Festival Sul-americano do Audiovisual Universitário – CE – 2004; 8a Mostra de Cinema de Tiradentes – MG – 2005; Dança em Pauta – Mostra Audiovisual – São Paulo – 2005; Move Festival Tapias de Vídeo Dança do Rio de Janeiro – 2005; FRAME 2005 – Festival Internacional de Vídeo Dança do Porto / Portugal – 2005; Mostra Imagens dos Povos – Ouro Preto / MG – 2005; Mostra do Filme Livre do Rio de Janeiro – 2006; Cortocircuito – Festival Loop `07 – Barcelona – Espanha; III MIVA – Mostra Internacional de Video Dança da Amazônia – 2014.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Inexato que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Sávio Leite

Curta | 9´- Vídeo dança – BH – cor – 2003

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Inexato. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/inexato/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Inexato (2003)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.