fbpx

Intolerância.doc (2017)

Trailer

Sinopse

Intolerância.doc é um documentário que mergulha em um aspecto da sociedade brasileira pouco abordado com profundidade: o crescimento dos crimes de ódio no país e o que está por trás dos discursos de intolerância. No Brasil, que sempre foi reconhecido internacionalmente pela mistura de raças, ecumenismo de credos e até uma certa liberdade sexual, ironicamente, são cada vez mais noticiados delitos de racismo, xenofobia, homofobia e disputas sangrentas por causa de religião, futebol e até linchamentos. Observando os fatos, investigando de perto os crimes, conhecendo as vítimas, ouvindo os motivos alegados pelos algozes, podemos visualizar e refletir sobre um país que se confronta cada vez mais com suas contradições.

Susanna Lira se dedicou ao estudo do tema durante anos, e acompanhando o trabalho da delegada Margarete Barreto, conseguiu acesso a ambientes pouco filmados na cinematografia brasileira. Entre os momentos mais marcantes pode-se destacar o registro das ações de investigadores em diligências que começavam ainda no escuro da madrugada e da relação deles com a juventude punk e skinhead de São Paulo; gravação das torcidas organizadas do Palmeiras e do Corinthians nas quadras e estádios; e o mergulho no underground punk da cidade.

Intolerância.doc mostra detalhes de casos emblemáticos e acompanha o trabalho dos policiais, os relatos das vítimas, dos algozes e familiares, e mostra que parte do Brasil de hoje é revelado no microcosmo da delegacia, nos levando a refletir sobre um país que se confronta cada vez mais com suas contradições.

O longa parte do conceito do documentário clássico, entretanto, a direção lança mão de animações como recurso narrativo para trazer os espectadores para mais perto de cada personagem e ação exposta. As animações são utilizadas para ilustrar sensorialmente os momentos de violência, fugindo da dramatização.

O documentário já foi exibido em vários festivais, como o Festival Internacional de Cinema Independente de Mar del Plata, na Argentina, Festival Primavera do Cine em Vigo, na Espanha, além dos nacionais Festival do Rio e a Mostra Cinema e Direitos Humanos, onde percorreu todos os estados brasileiros.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Intolerância.doc (2017) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Susanna Lira
Roteiro: Susanna Lira
Assistente de Direção: Muriel Alves
Produtor: João G. Joannou
Produção Executiva: Sabrina Bitencourt, Susanna Lira
Direção de Fotografia: Jorge Bernardo
Animação: Daniel Sake
Montagem: Paulo Mainhard
Som Direto: Tito Gomes
Música Original: Tito Gomes
Trilha Sonora: Audionetwork
Coprodução: Modo Operante | Globo Filmes | GloboNews

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Intolerância.doc. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/intolerancia-doc/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.