fbpx

João Acaiabe (1944-2021)

João Acaiabe (Foto: Divulgação/Globo/João Cotta)

João Batista Acaiabe, em arte conhecido João Acaiabe, foi um ator brasileiro e dublador nascido em Espírito Santo do Pinhal (SP) no dia 14 de maio de 1944. Formou-se na Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (USP) em 1970.

Iniciou sua carreira artística como locutor de rádio.

No teatro, atuou com frequência com Plínio Marcos em Barrela e Jesus Homem, em que interpretou um Jesus negro e contestador. Professor e coordenador do curso de teatro do CSA (Colégio Santo Américo) desde sua implantação, em 1993. Recebeu os prêmios Mambembe e Governador do Estado, de melhor ator do espetáculo Vamos Jogar o Jogo do Jogo, de Fernando Bezerra, com direção de Luiz Damasceno. Participou de dezenas de peças como protagonista e coadjuvante, com destaque para Missa Leiga, de Chico de Assis, direção de Ademar Guerra, peça com a qual excursionou pelo Brasil, África e Portugal; Muro de Arrimo, de Carlos Queirós Telles, com direção de Artênio Fonseca; Tributo a Bertolt Brecht, com direção de Antonio Abujamra; A Guerra do Cansa Cavalo, de Osman Lins, com direção de Celso Nunes; O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, com direção de João Cândido; Fábrica, de Nathalia Davini e Eneida Soller, com direção de Marília de Castro; Os Negros, de Jean Genet, com direção de Maurício Abudd, entre outras montagens.

Estreou na televisão em 1975 na novela Vila do Arco, pela extinta TV Tupi. Depois passa pela TV Cultura, com enorme sucesso no infantil Bambalalão (1980) e na TV Bandeirantes, em Maçã do Amor (1983), até chegar à Globo em 1985, na minissérie Tenda dos Milagres.

No cinema, seu primeiro filme foi o curta Aquele Dia Dez (1970), rara direção de Gianfrancesco Guarnieri, que faz parte integrante do longa Vozes do Medo. Tem longa filmografia, entre curtas e longas, chegando a ganhar o Prêmio APCA de Melhor Ator Coadjuvante pelo filme A Próxima Vítima (1983) e o Kikito de Melhor Ator por sua atuação no curta O Dia em Que Dorival Encarou a Guarda, direção de Jorge Furtado, em 1986.

De 2001 a 2006, brilhou como o Tio Barnabé na nova versão do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Logo depois, entre 2013 e 2015, emendou outro grande sucesso interpretando o chef Chico de Chiquititas, no SBT.

Ao longo de sua carreira realizou diversos trabalhos socioculturais, como, por exemplo, aulas de teatro para adolescentes na Febem (atual Fundação Casa) e participação em movimentos de igualdade racial. Produziu e atuou em duas peças: A Maravilhosa História do Sapo Tarobequê, de Márcio de Souza, com direção de Thanah Correia; e Feche os Olhos e Entre na História, de Alexandra Solnado, com direção de Joselita Alvarenga.

Em 2018, participou da novela Segundo Sol como o Pai de Santo Didico, na TV Globo.

Faleceu aos 76 anos, vítima de Covid-19, no dia 31 de março de 2021. O ator havia testado positivo no dia 15 de março. Nesta data, a capital paulista começava a vacinar os idosos da faixa etária, e, na véspera, o ator chegou a comemorar a iminência da imunização nas redes sociais. No dia 21, seu quadro de saúde piorou, sendo internado no Hospital Sancta Maggiore, na Mooca. O artista chegou a ser intubado na manhã do dia 31 mas veio a falecer após sofrer duas paradas cardíacas.

Foi casado com Lenice Damazio Acaiabe, com quem teve dois filhos: Carlos Augusto e Thays. Acaiabe era casado com Ana Maria Pascuini Bertuchi, tendo três enteados: Erika, Ricardo e Wilson. É também tio do também ator Eduardo Acaiabe.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2019 :: M8 – Quando a Morte Socorre a Vida
2016 :: Diamante, O Bailarina (CM)
2014 :: O Dia de Jerusa …. Sebastião
2012 :: Cara ou Coroa
2011 :: Família Vende Tudo
2010 :: Bróder
2010 :: Bom-dia, Eternidade
2005 :: Casa de Areia
2004 :: Narciso Rap (CM)
2003 :: Rua 6, sem Número
2002 :: A Selva (Portugal/Brasil/Espanha)
2001 :: Distraída para a Morte (CM)
2000 :: A Negação do Brasil
2000 :: Através da Janela
1999 :: Até que a vida nos separe
1999 :: Cronicamente Inviável
1999 :: Gênesis 22 (CM)
1999 :: Mário
1998 :: Boleiros – Era uma Vez o Futebol
1998 :: Atlântico Negro – Na Rota dos Orixás …. Narração
1993 :: Segredos Submersos do Atlântico …. Narração
1992 :: Tanta Estrela por Aí (CM)
1992 :: El Viaje (Argentina/México/Espanha)
1990 :: Beijo 2348/72
1990 :: André Louco (CM)
1988 :: Nem Tudo que é Sonho Desmancha no Ar (CM)
1986 :: O Dia em Que Dorival Encarou a Guarda (CM)
1986 :: A Cor da Luz (CM)
1985 :: Chico Rei
1984 :: Transa Brutal – O Fim da Picada
1983 :: A Próxima Vítima
1983 :: Nasce uma Mulher
1981 :: Feliz Ano Novo (CM)
1981 :: Eles não Usam Black-Tie
1977 :: Elas São do Baralho
1977 :: Ouro Sangrento (Tenda dos Prazeres)
1970/74 :: Vozes do Medo (Episódio: Aquele Dia Dez)

:: Filmografia como Dublador ::

2019 :: O Rei Leão …. Rafiki

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

G1. Ator João Acaiabe, o Tio Barnabé do ‘Sítio do Picapau Amarelo’, morre vítima da Covid-19 em SP. Disponível no endereço: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2021/04/01/ator-joao-acaiabe-o-tio-barnabe-do-sitio-do-picapau-amarelo-morre-vitima-da-covid-19-em-sp.ghtml. Acessado em: 01 de abr. 2021.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. João Acaiabe. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/joao-acaiabe/
REVISTA QUEM. Em fila de transplante, ator João Acaiabe recebe oferta de dois doadores para rim. Disponível no endereço: https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2020/09/em-fila-de-transplante-ator-joao-acaibe-recebe-oferta-de-dois-doadores-para-rim.html. Acessado em: 22 de set. 2020.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “João Acaiabe (1944-2021)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.