fbpx

José de Almeida Mauro (1921-2002)

Biografia

José de Almeida Mauro, em arte mais conhecido como José A. Mauro, é um diretor de fotografia nascido em Cataguases (MG) em 22 de março de 1921. É filho do cineasta Humberto Mauro e Dona Bebe.

Em 1930, com nove anos de idade muda-se com a família para o Rio de Janeiro. Zequinha, como era conhecido, logo cedo aprende com o pai o oficio de fotografar e, com as câmeras deste, faz experiências amadoras, gosta de experimentar. Deixa o 2º ano de engenharia para trabalhar com Mauro, o pai.

Estreia profissionalmente em 1938, no filme Febre Amarela – Preparação da Vacina pela Fundação Rockfeller, direção de Humberto Mauro para o INCE. Auxilia Manoel Ribeiro, fotógrafo oficial de Mauro. Em 1946 dirige seu primeiro filme, o documentário curto Salinas de Cabo Frio, ainda no INCE. Nos anos 1960 vai trabalhar no INC – Instituto Nacional de Cinema, que viera substituir o INCE – Instituto Nacional de Cinema educativo, depois CTAv, onde aposenta-se.

Dirigiu a fotografia de dezenas de curtas, sendo o último, A Linguagem de Orson Welles (1990), direção de Rogério Sganzerla. Num tempo que a tecnologia estava distante, Zequinha podia ser considerado quase um alquimista, ao captar imagens e driblar dificuldades do pouco recurso técnico, com muito talento e criatividade, a exemplo do pai.

Morre em 23 de Dezembro de 2002 no Rio de Janeiro, aos 81 anos de idade.

Filmografia

1938- Febre Amarela – Preparação da Vacina pela Fundação Rock-feller; 1942-Relíquias do Império; 1943-Manganês (cofot. Humberto Mauro); 1944-Cristal de Rocha; Mica; Pólvora Negra; 1945-Carro de Bois; Ensino Industrial no Brasil; Marambaia – Escola de Pesca Darcy Vargas; 1946-Farol (cofot. Nelson Hatem); Jardim Zoológico (cofot. Nelson Hatem); Salinas de Cabo Frio (dir., fot.); 1947-Campos do Jordão – Estado de São Paulo; Cristal Oscilador – Industrialização do Quartzo no Brasil; Fabricação da Manteiga (cofot. Nelson Hatem); Fabricação da Pinicilina no Brasil; Fabricação do Queijo; Jardim Botânico do Rio de Janeiro (cofot. Nelson Hatem); Pasteurização (cofot. Nelson Hatem); 1948-Berço da Saudade (cofot. Manoel P.Ribeiro); Indústria Farmacêutica no Brasil (cofot. Jurandyr Passos Noronha); 1949-Cidade de Salvador – Bahia (cofot. Manoel P.Ribeiro); Cidade do Rio de Janeiro – Brasil (cofot. Manoel P.Ribeiro); 1950-Alberto Nepomuceno (cofot. Manoel P.Ribeiro); Eclipse; Tratamento Cirúrgico da Sinusite; 1952-Cerâmica – Escola Técnica Industrial – Ministério da Educação e Saúde; Cidade do Aço – Coqueria, Alto Forno e Acearia; Cloro – Produção e Aplicações; Gravuras: Água Forte; Gravuras: Buril, Ponta Sêca, Água-Tinta; 1953-Lentes Oftálmicas -Indústria; O Minério e o Carvão; 1954-Aboio e Cantigas – Música Folclórica Brasileira; Captação da Água (cofot. Luiz Mauro); Escorpionismo (cofot.Manoel P.Ribeiro); Higiene Rural – Fossa Seca; 1955-Higiene Doméstica; Preparo e Conservação de Alimentos; Silo Trincheira Construção e Ensilagem; 1956-Construções Rurais – Fabricação de Tijolos e Telhas; Fabricação da Champagne no Brasil (dir., fot.); Meus Oito Anos – Canto Escolar; O João de Barro; Sabará; 1957-Congonhas do Campo; Escola Caio Martins; Pedra-Sabão – Seu Uso e Suas Aplicações; 1958-Fabricação da Rapadura Engenho e Monjolo; O Café – História e Penetração no Brasil; 1959-Poços Rurais (Água Subterrânea); 1960-Endemias Rurais – Seus Produtos Profiláticos e Terapêuticos; Museu Nacional – Rio de Janeiro; Técnicas Esteriotáxicas no Estudo das Regiões Subcorticais; Técnicas Macro e Micro Fisiológicas no Estudo da Excitabilidade Cardíaca (dir., fot.); 1961-O Papel – Sua História e Fabricação; 1962-Condenados Pelo Progresso (cofot. Manoel P.Ribeiro); Investimento (dir., fot.); 1964-A Medida do Tempo; A Seda; A Velha a Fiar; Angoti; Capital do Ouro; 1965-Previsão do Tempo; 1966-Heitor Villa-Lobos (dir., fot.); Rio, Uma Visão do Futuro; 1967-Dia da Criação (dir., fot.); O Extraordinário Mundo da Natureza (dir., fot.); 1973-Catete a Meu Ver; Enfoque I – Participação; Os Brasileiros e a Conquista do Ar (cofot. Paulo Jorge de Souza); Oswaldo Cruz; Programa de Ação Cultural (cofot. Paulo Jorge de Souza, Renato Neumann, Eduardo Ruegg e Czamausk Tanasiuk); 1974-A Face e a Máscara; Reflexos do Impressionismo (dir.,fot.) (dodir. e cofot. Paulo Jorge de Souza); 1975-Festa de São Benedito (dir., fot.) (codir e cofot. Paulo Jorge de Souza); 1976-Humberto Mauro; Laço de Fita (Folclore do Piauí); Salvamento no Mar (cofot. Paulo Jorge de Souza); 1977-Academia Brasileira de Letras (CM) (cofot. João Carlos Horta e Antonio Penido); Canção de Amor (cofot. Antonio Silva); Conversa Com Cascudo; 1978Nelson Pereira dos Santos Saúda o Povo e Pede Passagem (cofot. Hélio Silva, Sérgio Lins Vertis, Paulo Jorge e Walter Carvalho); Orixá Nimu Ilê (Arte Sacra Negra I) (cofot. Carlos Alberto Galdenzi e Marcos Maciel); 1979-O Cinegrafista de Rondon; 1982-Perto de Clarice; 1985-História da Rocinha (cofot. José Tadeu Ribeiro e Toca Seabra); 1988-Histórias do Cotidiano-Brasil Século 20; 1990-A Linguagem de Orson Welles.

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “José de Almeida Mauro (1921-2002)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.