fbpx

José Dumont

José Dumont é um ator brasileiro nascido em Bananeiras (PB) no dia 01 de julho de 1950.

De infância muito pobre, foi menino de rua. Adolescente, em 1973, mudou-se para São Paulo, para trabalhar na Marinha e depois nos Correios.

Em 1975, assistiu a uma peça no Teatro e fica deslumbrado, saindo de lá com a ideia fixa de ser ator. Depois de ser reprovado em alguns testes, ganha sua primeira oportunidade na peça Morro do Ouro, em 1976.

Logo em seguida, vai para a televisão, onde participa do especial O Sonho, de Gianfrancesco Guarnieri, pela TV Globo. Na televisão, participou então de inúmeras novelas e minisséries como Lampião e Maria Bonita (1982), Padre Cícero (1984), Pantanal (1990), Tocaia Grande (1995), Terra Nostra (1999), América (2005), Luz do Sol (2007) e Caminhos do Coração (2007).

Estreou no cinema em 1977, no filme Morte e Vida Severina e faz desse seu principal veículo, consagrando-se como grande ator em filmes como O Homem que Virou Suco (1980), que lhe vale o prêmio de Melhor Ator no Festival de Brasília; e O Baiano Fantasma (1984), Kenoma (1998), Narradores de Javé (2003) e Dois Filhos de Francisco (2005), totalizando quase 50 filmes

Em 2005, José Dumont ganhou biografia (José Dumont: do Cordel às telas, de Klecius Henrique), lançada no Festival de Cinema de Gramado (RS). O livro revela que o ator paraibano aprendeu a ler com livretos de cordel e que tem sobrenome afrancesado por um capricho de cartório: seu pai se chamava Severino do Monte.

2020 :: Curral
2018 :: Intimidade Entre Estranhos
2018 :: Tungstênio
2012 :: O Milagre dos Pássaros
2009 :: O Sonho de Inacim – O Aprendiz do Padre Rolim
2006 :: Veias e Vinhos – Uma História Brasileira
2006 :: Árido Movie …. Zé Elétrico
2005 :: 2 filhos de Francisco …. Miranda
2005 :: Cidade baixa …. Sergipano
2004 :: Iara …. Narração (CM)
2004 :: Flores da Estrada (CM)
2004 :: Irmãos de Fé …. Tiago
2004 :: O último raio de Sol (CM)
2004 :: Olga …. Manuel
2004 :: Onde anda você …. Jajá
2003 :: Maria, Mãe do Filho de Deus …. Diabo
2003 :: As tranças de Maria (2003)
2003 :: Narradores de Javé …. Antônio Biá
2002 :: A Selva (Portugal/Brasil/Espanha)
2001 :: Abril Despedaçado …. Pai
1999 :: Milagre em Juazeiro (1999) – Padre Cícero
1998 :: Kenoma …. Lineu
1998 :: O primeiro dia
1998 :: Policarpo Quaresma – Herói do Brasil …. Tenente Coxo
1991 :: Brincando nos campos do Senhor (At Play in the Fields of the Lord) (EUA/Brasil) …. Comandante Guzman
1990 :: Mais que a Terra
1989 :: Minas-Texas …. Roy Pereira
1987 :: Os Trapalhões no Auto da Compadecida …. Severino
1987 :: Running Out of Luck (Maré de Azar) (EUA)
1986 :: Tigipió – uma questão de amor e honra …. Heitor
1986 :: Vento sul
1985 :: Avaeté – semente da vingança …. Ribamar
1985 :: A hora da estrela …. Olímpico
1984 :: Os Trapalhões e o Mágico de Oróz …. Tatu
1984 :: O Baiano Fantasma …. Lambusca
1984 :: Memórias do cárcere …. Mário Pinto
1983 :: Parahyba mulher macho
1983 :: O cangaceiro trapalhão …. Tte. Bezerra
1982 :: Noites paraguaias
1982 :: O sonho não acabou …. Astor
1980 :: O Homem que virou suco …. Deraldo/Severino
1980 :: Até a última gota
1980 :: Gaijin – os caminhos da liberdade …. Ceará
1980 :: J.S. Brown, o último herói
1979 :: A Menina e a Casa da Menina (CM)
1979 :: Coronel Delmiro Gouveia
1979 :: Amor bandido …. Testemunha
1979 :: A república dos assassinos
1978 :: A Volta do Filho Pródigo
1978 :: Se Segura, Malandro
1978 :: Coronel Delmiro Gouveia
1978 :: Tudo bem …. Piauí
1978 :: Se segura, malandro!
1978 :: O Escolhido de Iemanjá
1977 :: Lúcio Flávio, o passageiro da agonia …. Prisioneiro
1977 :: Morte e vida severina

Livros:

HENRIQUE, Klecius. José Dumont: do Cordel às telas. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2005.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. José Dumont. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/jose-dumont/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados