fbpx

José Lewgoy (1920-2003)

José Lewgoy foi um ator brasileiro nascido em Alfredo Chaves, hoje Veranópolis (RS), no dia 16 de novembro de 1920.

Começou sua carreira artística no teatro e, graças a uma bolsa de estudos conseguida com a influência do escritor Érico Veríssimo, cursou artes cênicas na Universidade Yale.

Fez seus primeiros estudos na cidade natal e posteriormente na Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas de Porto Alegre. Inicia suas atividades artísticas no Teatro do Estudante no começo dos anos 1940. Em seguida, ganhou uma bolsa de estudos e ficou três anos nos Estados Unidos, onde fez um curso completo de Teatro, na Universidade de Yale. A boa formação cultural e os diversos idiomas que falava não o impediram de seguir carreira artística.

Sem a menor condição financeira, valeu-se de um smoking emprestado para compor seu primeiro vilão. No Rio de Janeiro, estreou no cinema em 1949, no filme Quando a Noite Acaba. De 1954 a 1964, viveu na França e participou de filmes importantes de renomados diretores.

José Lewgoy é referência quando se fala de cinema brasileiro, pois participou de mais de cem filmes. Era presença constante nas telas desde o final da década de 1940 e sempre disputado pelos melhores diretores. Ao lado de Oscarito, Grande Otelo, Eliana Macedo, Cyll Farney e Anselmo Duarte brilhou nas chanchadas produzidas pela Atlântida, na década de 1950. Ator com prestígio internacional, José Lewgoy participou de várias produções estrangeiras e morou na França durante alguns anos.

Com mais de cem filmes no currículo, dirigidos inclusive por cineastas estrangeiros como Werner Herzog, com quem leva mais de um ano rodando Fitzcarraldo na Amazônia, ao lado de Klaus Kinski, passeia seu talento em clássicos como Amei um Bicheiro (1953), Independência ou Morte (1972), O Beijo da Mulher Aranha (1985), O Quatrilho (1995), de Fábio Barreto – que concorreu ao Oscar de Filme Estrangeiro no ano de 1996 –, e Apolônio Brasil (2003), de Hugo Carvana, seu último filme.

Até 1973, sua carreira foi dedicada quase que exclusivamente ao cinema, entremeadas por algumas peças de teatro, mas, nesse ano, Lewgoy se rendeu ao novo veículo, atuando em sua primeira novela, Cavalo de Aço, na Rede Globo.

A partir daí, participou de mais de 30 produções na televisão, entre elas novelas importantes como O Bofe (1973), Nina (1978), Água Viva (1980), Louco Amor (1983), Um Sonho a Mais (1985), Anjo Mau (1998), Força de um Desejo (1999) e Esperança (2002), sua última novela, sempre pela TV Globo.

Ganhou vários prêmios como ator de cinema e televisão e se consagrou com o personagem Edgar Dumont, da telenovela Louco amor, de Gilberto Braga. Destaque também para as suas atuações em Nina, de Walter George Durst, Dancin’ Days e Água Viva, ambas também de Gilberto Braga, O Rebu e Feijão Maravilha, de Bráulio Pedroso e nas minisséries O Tempo e o Vento, inspirada na obra de Érico Veríssimo e Anos Dourados, de Gilberto Braga.

Consagrado do Cinema Brasileiro, com reconhecimento internacional, José Lewgoy faleceu no Rio de Janeiro no dia 10 de fevereiro de 2003, aos 82 anos de idade, no Rio de Janeiro, de parada cardiorrespiratória.

Em 2009, Cláudio Kahns produziu e dirigiu o documentário Eu, Eu, Eu, José Lewgoy, contando detalhes de sua vida e carreira.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2015 :: Chatô, o Rei do Brasil
2003 :: Apolônio Brasil, Campeão da Alegria …. Dr. Bóris
2001 :: Sonhos Tropicais …. Tibério
1998 :: Policarpo Quaresma – Herói do Brasil …. Albernar
1998 :: A Hora Mágica …. Hilário / Max / Diretor
1996 :: O Judeu …. D. Nuno da Cunha
1995 :: Glaura (CM)
1995 :: O Quatrilho …. Rocco
1995 :: O Monge e a Filha do Carrasco …. Superior
1994 :: Boca …. Quintella
1994 :: Mil e Uma
1992 :: Perfume de Gardênia …. Ody Marques
1990 :: Stelinha
1990 :: O Escorpião Escarlate
1989 :: Faca de dois gumes …. Álvaro Amado
1989 :: Sermões – A História de Antônio Vieira
1989 :: Festa
1988 :: Luar sobre Parador…. arcebispo
1988 :: A Dama do Cine Shanghai …. Linus
1987 :: Cobra Verde …. D. Otávio Coutinho
1986 :: Os Trapalhões e o Rei do Futebol …. Dr. Velhaccio
1986 :: La mansión de Araucaima …. fazendeiro
1985 :: O Beijo da Mulher-Aranha …. diretor
1984 :: Os Bons Tempos Voltaram: Vamos Gozar Outra Vez …. coronel
1984 :: Blame It on Rio …. Eduardo Marques
1982 :: Fitzcarraldo …. Dom Aquilino
1982 :: Tabu…. João do Rio
1982 :: Tensão no Rio
1982 :: Perdida em Sodoma
1981 :: Engraçadinha …. Arnaldo
1979 :: Terror e Êxtase
1979 :: A República dos Assassinos
1978 :: Curumim
1978 :: Os Mucker
1978 :: O Gigante da América
1978 :: O outro lado do crime
1978 :: Diário da Província
1977 :: Ouro Sangrento
1976 :: Padre Cícero
1976 :: O Homem de Papel …. Raul
1976 :: O Quarto da Viúva
1976 :: O Ibraim do Subúrbio…. Casimiro de Abreu
1975 :: O Flagrante
1975 :: Eu Dou o Que Ela Gosta
1975 :: As Secretárias… Que Fazem de Tudo
1975 :: Um Soutien para Papai
1975 :: Intimidade
1974 :: As Alegres Vigaristas
1974 :: Relatório de um Homem Casado
1974 :: Gente que Transa …. Casimiro Bilac
1973 :: Le Grabuge …. padre
1973 :: Como É Boa Nossa Empregada …. Dr. Leonel
1972 :: Os Mansos
1972 :: Independência ou Morte
1972 :: A Viúva Virgem …. padre
1972 :: O Grande Gozador
1972 :: Quando o Carnaval Chegar …. anjo
1971 :: Pra quem fica… Tchau! …. Tio Gustavo
1971 :: Gaudêncio, o Centauro dos Pampas …. Giovanni
1971 :: Os Amores de um Cafona …. Almir
1971 :: Lua-de-Mel e Amendoim …. amante
1970 :: Pecado Mortal …. José
1970 :: O Bolão
1970 :: O Donzelo
1970 :: Não Aperta, Aparício
1969 :: A um Pulo da Morte
1969 :: Os Paqueras …. marido
1969 :: A Cama ao Alcance de Todos …. gângster
1968 :: Svarta palmkronor …. Pepito
1968 :: Tarzan and the Jungle Boy
1968 :: Roberto Carlos em Ritmo de Aventura …. Pierre
1968 :: Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa
1968 :: A Vida Provisória
1968 :: Os Viciados
1967 :: Terra em Transe …. Felipe Vieira
1967 :: Una rosa per tutti (Uma Rosa para Todos) (Italia) …. Floreal
1967 :: Jerry – A Grande Parada …. Dr. Karloff
1966 :: Duello nel mondo
1966 :: As Cariocas
1966 :: Arrastão
1965 :: História de um Crápula
1958 :: Quand Sonnera Midi …. Salvador
1957 :: S.O.S. Noronha …. Pratinho
1957 :: Escapade …. Caraco
1957 :: Les Fanatiques
1954 :: Carnaval em Caxias …. Honório Boa Morte
1954 :: Matar ou Correr …. Jesse Gordon
1953 :: Os Três Recrutas
1953 :: Amei um Bicheiro …. Almeida
1952 :: Três Vagabundos …. Schultz
1952 :: Carnaval Atlântida …. Cd. Verdura
1952 :: Barnabé, Tu És Meu …. Garcia
1952 :: Areias Ardentes …. Ambrósio
1951 :: Aí Vem o Barão …. Von Mack
1951 :: Maior Que o Ódio
1950 :: Aviso aos Navegantes …. Professor Scaramouche
1950 :: Cascalho
1950 :: Quando a Noite Acaba (ou Perdida pela Paixão)
1950 :: Katucha
1949 :: Carnaval no Fogo …. anjo

1951 – Aí Vem o Barão; Maior que o Ódio; 1952 – Areias Ardentes; Barnabé tu És Meu; Carnaval Atlântida; Os Três Vagabundos; 1953 – Amei um Bicheiro; Os Três Recrutas; 1954 – Carnaval em Caxias; Matar ou Correr; 1957 – S.O.S. Noronha (França/Itália/ Alemanha); Les Fanatiques (França/Itália); Escapade (França); 1958 – Quand Sonnera Midi (França/Itália); 1962 – Quatro Mulheres para um Herói (Homenage a La Hora de La Siesta) (Argenti na/França/Brasil); 1965 – História de um Crápula; Arrastão (Les Amants de La Mer) (França/Brasil); 1966 – Mercenários do Crime (episodio: Carnaval de Assassinos) (Lê Carnaval dês Barbouzes) (Itália/ França/Áustria/Brasil); Duello Nel Mondo (Itália/França); As Cariocas (3º episódio); 1967 – Terra em Transe; Jerry, a Grande Parada; 1968 – Palmeiras Negras (Svarta Palmkronor) (Suécia); Uma Rosa para Todos (Una Rosa Pertutti ) (Itália); Roberto Carlos em Ritmo de Aventura; Vida Provisória; Os Viciados (episódio: A Trajetória); Operação Tumulto (Le Grabuge) (Brasil/França); Tarzan e o Menino do Rio (Tarzan and the Jungle Boy) (EUA); 1969 – Os Paqueras; Não Aperta, Aparício; A um Pulo da Morte (episódio: A Madona de Ouro); A Cama ao Alcance de Todos (episódio: A Segunda Cama); 1970 – Festival do Rio (CM) (narração); O Bolão; Pra Quem Fica, Tchau!; Pecado Mortal; Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa; 1971 – Lua de Mel & Amendoim (episódio: Berenice); Os Amores de um Cafona; O Donzelo; Gaudêncio, o Centauro dos Pampas; 1972 – O Grande Gozador; Independência ou Morte; Quando o Carnaval Chegar; Como Era Boa a nossa Empregada (episódio: O Terror das Empregadas); A Viúva Virgem; Os Mansos (episódio: A B… de Ouro); 1974 – Gente que Transa (Os Imorais); Relatório de um Homem Casado; 1975 – O Homem de Papel (Volúpia de um Desejo); Um Soutien para o Papai; As Alegres Vigaristas (episódio: O Padre e a Modelo); Assim Era Atlântida; Eu Dou o que ela Gosta; As Secretárias que Fazem de Tudo; 1976 – Intimidade; Padre Cicero; O Quarto da Viúva; 1977 – As Aventuras de Momo Montanha (Jorden er Flad) (Dinamarca/Brasil); O Ibrahim do Subúrbio (episódio: Ibrahim do Subúrbio); 1978 – Ouro Sangrento (Tenda dos Prazeres); Os Mucker (Jakobine) (Brasil/Alemanha); Diário da Província; 1979 – O Outro Lado do Crime; República dos Assassinos; 1980 – O Gigante da América; Terror e Êxtase; Curumim; 1981 – Engraçadinha; 1982 – Fitzcarraldo (Peru/Alemanha); Burden of Dreams (EUA); Tabu; Perdida em Sodoma; 1984 – Feitiço do Rio (Blame It on Rio) (EUA); Tensão no Rio; O Beijo da Mulher Aranha (Kiss of the Spider Woman) (Brasil/EUA); Os Bons Tempos Voltaram – Vamos Gozar Outra Vez (episódio: Sábado Quente); 1986 – La Mansión de Araucaima (Colômbia); Os Trapalhões e o Rei do Futebol; 1987 – A Dama do Cine Shangai; Cobra Verde (Alemanha); 1987/1996 – O Judeu (Brasil/Portugal); 1988 – Luar sobre Parador (Moon Over Parador) (EUA); O Escorpião Escarlate; 1989 – Faca de dois Gumes; Festa; 1989/1990 – Os Sermões; 1990 – Stelinha; 1992 – Perfume de Gardênia; 1994 – Mil e Uma; 1995 – O Quatrilho; 1996 – O Monge e a Filha do Carrasco (The Monk and Hangmans Daughter) (Brasil/EUA); 1997 – Glaura (CM); À Meia-Noite com Glauber (CM); 1998 – Policarpo Quaresma, Herói do Brasil; A Hora Mágica; 2002 – Sonhos Tropicais; 2003 – Apolônio Brasil, Campeão da Alegria

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2009 :: Eu, Eu, Eu, José Lewgoy

Bibliografia

Livros:

CABRAL, Sérgio. Quanto mais cinema melhor: uma biografia de Carlos Manga. São Paulo: Lazuli Editora, 2013.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. José Lewgoy. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/jose-lewgoy/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “José Lewgoy (1920-2003)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.