fbpx

José Rosa

Biografia

José dos Santos Rosa, em arte mais conhecido como José Rosa, é um diretor de fotografia brasileiro nascido em São Gonçalo (RJ) em 03 de Março de 1934.

Ainda muito jovem inicia sua carreira como assistente de câmera de seu tio, o fenomenal fotógrafos Edgar Brasil.

Começa a fotografar em 1960, auxiliando Amleto Daissé em Tudo Legal, de Victor Lima. Sua grande oportunidade acontece em 1963 no filme Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos, em que fotografa em parceria com Luiz Carlos Barreto, recebendo vários prêmios no Brasil e no exterior. Torna-se, a partir de então, muito requisitado em filmes como Juventude e Ternura (1968), de Aurélio Teixeira e Quelé do Pajeu (1969), de Anselmo Duarte.

Nos anos 70 entra de cabeça no gênero pornochanchadas e na sequência eróticos como Delírios do Sexo e Um Marciano em Minha Cama, ambos de 1981.

Filmografia

Filmografia: 1960-Tudo Legal (cofot. Amleto Daissé); 1963-Vidas Secas (cofot. José Rosa); 1964-Procura-se Uma Rosa; Selva Trágica; Um Ramo Para Luiza; 1965-Grande Sertão; História de Um Crápula; 1966-007 ½ no Carnaval; A Linguagem do Teatro (cofot. Rodolfo Neder); Cuidado, Espião Brasileiro em Ação; Engraçadinha, Depois dos 30; Na Onda do Iê-Iê-Iê; Nudista a Força; Paraíba, Vida e Morte de Um Bandido; 1967-Jerry – a Grande Parada; 1968-Antes, o Verão; Juventude e Ternura; Papai Trapalhão; 1969-A Penúltima Donzela; A Um Pulo da Morte; Quelé do Pajeú; 1970- Estranho Triângulo; Pais Quadrados…Filhos Avançados; 1971-As Confissões do Frei Abóbora; Edy Sexy, O Agente Positivo; O Donzelo; O Enterro da Cafetina; 1972-A Difícil Vida Fácil; Missão: Matar; Um Marido Sem…É Como Jardim Sem Flores; Os Devassos; 1973-Alimentação (CM); Como Era Boa Nossa Empregada (episódio: ‘O Melhor da Festa’); Transamazôniza – Um Ano Depois (CM); 1974-As Moças Daquela Hora; Essa Gostosa Brincadeira a Dois; Oh Que Delícia de Patrão; As Secretárias… Que Fazem de Tudo; 1975-As Alegres Vigaristas (cofot. Tony Rabatoni); Loucuras de Um Sedutor; Quando as Mulheres Querem Provas; Um Soutién Para Papai; 1976-O Sexomaníaco; 1977-A Árvore dos Sexos; 1978-As Aventuras de Robinson Crusoé; O Amante de Minha Mulher (Brasil/Paraguai); 1979-Copa 78, O Poder do Futebol (cofot. Hélio Silva, Roland Henze, Luiz Carlos Saldanha e Antônio Gonçalves); Sábado Alucinante; 1981-Delícias do Sexo; Mulheres…Mulheres; Um Marciano em Minha Cama.

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.