fbpx

José Rubens Chachá

José Rubens Chasseraux, conhecido com o nome artístico de José Rubens Chachá, é um ator, dublador e roteirista brasileiro nascido na cidade de Santos (SP) no dia 04 de agosto de 1954.

Já desde muito cedo, demonstrava talento para a música, tornando-se cantor, compositor e violonista. Começou a fazer teatro amador, principalmente musicais, e tomou gosto pelo ato de interpretar.

Estudou Comunicação na FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado), em São Paulo. Iniciou sua carreira de ator no teatro, nas peças A Gaiola das Loucas, Os Saltimbancos, A Ópera do Malandro, Viúva, porém Honesta, Sonho de uma Noite de Verão, A Comédia dos Erros, Mãe Coragem e Tarsila. Sua primeira novela é Xeque Mate, em 1976, numa pequena ponta.

No teatro escreveu os premiados espetáculos A LENDA DO PIUÍ, RÁDIO BIXIGA, ACORDES CELESTINOS, entre outros.

Estreou no cinema em 1986, no curta Ufogão. Provavelmente, é um dos recordistas em participação em curtas, com mais de quinze em sua carreira. Com mais de 30 anos de carreira como ator, participou de mais de 40 filmes entre curtas e longas metragens, com destaque para Anjos da Noite, Causa Secreta e Uma História de Futebol, este último indicado ao Oscar de Melhor Curta Metragem. Também destaca-se sua contribuição em Ed Mort e Castelo RA-TIM-BUM – O Filme, como seus roteiros mais bem sucedidos. Também atuou em longas importantes como Os Olhos de Vampa (1996), Através da Janela (2001) e Quanto Vale ou é por Quilo? (2005).

No teatro, destacou-se em UBÚ, TELEDEUM, DOENTE IMAGINARIO, SONHOS DE UMA NOITE DE VERÃO, todos espetáculos do Teatro do Ornitorrinco com carreiras internacionais.

Na Rede Globo, atuou como roteirista do extinto programa infantil TV Colosso. No SBT, desde de 2010, assumiu o cargo de locutor oficial do comercial da Tele Sena, o título de capitalização do Grupo Silvio Santos.

Na TV Globo tem passagens notáveis como na minissérie Um só Coração, em 2004, e JK (em ambas no papel de Oswald de Andrade); Sítio do Pica-Pau Amarelo (2006), como Valdo Serrão; Casos e Acasos (2008), como Vitor; e Três Irmãs (2008), como o Delegado; MAD MARIA, MALHAÇÃO e CIRANDA DE PEDRA.

:: Filmografia como Ator ::

2020 :: Tudo bem no natal que vem
2007 :: A Via Láctea
2006 :: Bom-Dia, Eternidade
2005 :: Ímpar/Par (CM)
2005 :: Quanto Vale Ou É Por Quilo?
2004 :: Como Fazer um Filme de Amor …. Vários personagens (caixa de banco, taxista, etc)
2002 :: Desmundo …. João Couto
2001 :: A Revolta do Vídeo-Tape (CM)
2001 :: À La Carte (CM)
2000 :: Através da Janela …. Drugstore owner
1999 :: Castelo RA-TIM-BUM – O Filme
1999 :: Uma história de futebol …. Sr. Landao (curta)
1999 :: Os Noivos (CM)
1999 :: Vou Te Encontrar Vestida de Cetim (CM)
1997 :: A Grande Noitada …. Massa
1998 :: Uma História de Futebol (CM)
1997 :: Os Matadores
1997 :: Ed Mort …. Silva (voz)
1996 :: Manual Cinematográfico dos Seios para a Educação de Crianças e Adultos (CM)
1996 :: Olhos de Vampa …. Night Club Host
1996 :: Mil e Uma …. David
1995 :: Jenipapo
1995 :: Zabroisk Pint (CM)
1994 :: Rojas? (CM)
1994 :: A Causa Secreta
1994 :: O Efeito Ilha …. Otávio
1992 :: PR Kadeia (CM)
1992 :: El Viaje (Argentina/Brasil)
1991 :: Mano a Mano (CM)
1990 :: Cristo Procurado (CM) …. Narração
1990 :: Beijo 2348/72
1989 :: Lua Cheia
1989 :: Cadê a Bolinha (CM)
1988 :: Romance
1988 :: A Mulher do Atirador de Facas (CM)
1987 :: Arrepio (CM)
1987 :: Carlo-ta/Amorosidade (CM)
1986 :: Anjos da Noite
1986 :: Ufogão (CM)

:: Filmografia como Roteirista ::

2011 :: Família Vende Tudo – longa-metragem
2010 :: O Enigma da Gaivota (CM)
1999 :: Castelo RA-TIM-BUM – O Filme
1997 :: Ed Mort – longa-metragem
1997 :: Quarto Crescente
1992 :: Prk…deia (CM)
1991 :: Mano a Mano (CM)
1990 :: Beijo 2348/72

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. José Rubens Chachá. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/jose-rubens-chacha/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “José Rubens Chachá

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.