fbpx

Libelu – Abaixo a Ditadura (2020)

Trailer

Sinopse

O documentário, dirigido por Diógenes Muniz, resgata a trajetória da tendência estudantil universitária chamada Liberdade e Luta (Libelu), que militou contra a ditadura militar brasileira a partir de 1976.

Trotskistas, simpáticos ao rock, às drogas e à liberdade sexual, os libelus representaram um choque de comportamento na esquerda tradicional. Impulsionada por uma organização clandestina, a Libelu ganhou fama por ser o primeiro grupo a retomar a palavra de ordem Abaixo a ditadura!, após o AI-5. Seus integrantes eram famosos pela irreverência, combatividade e abertura cultural. Eles eram contrários à ditadura militar, mas não também não simpatizavam com a luta armada ou os regimes comunistas.

Entre as décadas de 1970 e 1980, libelu virou adjetivo. Era sinônimo de radicalidade e, para os adversários, inconsequência. De suas fileiras saíram vozes de todo o espectro político, da esquerda à direita, inclusive figuras que comandariam o país.

Quatro décadas depois, onde estão e o que pensam aqueles jovens trotskistas, que viveram a clandestinidade por um ideal e chegaram a ser vistos por seus pares como a vanguarda do movimento estudantil na luta contra a repressão?

Selecionado para o É Tudo Verdade 2020, maior festival de documentários da América Latina, cuja fase presencial foi adiada para o mês de setembro devido à pandemia do Coronavírus, o filme aguarda lançamento nas salas de cinema.

Elenco

Ricardo Pereira de Melo
Júlio Turra Filho
Cadão Volpato
Josimar Moreira de Melo
Markus Sokol
Laura Baptista Capriglione
Eduardo Glannetti da Fonseca
Anne Marie Sumner
José Genulino Moura Ribeiro (Pinho)
Eugênio Bucci
José Arbex Junior
LS Rashy
Reinaldo Azevedo
Alex Antunes
Cleusa Turra
Renata Garcia Rangel
Fernanda Pompeu

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Libelu – Abaixo a Ditadura (2020) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Diógenes Muniz
Roteiro: Diógenes Muniz
Assistência de Direção: Bianka Vieira
Produção Executiva: Letícia Friedrich
Direção de Fotografia: Felix Lima
Montagem: André Felipe e Jessé Giotti
Empresa Produtora: Boulevard Filmes
Coprodução: Globo Filmes | Globo News | Canal Brasil
Distribuição: Boulevard Filmes

Brasil | Documentário | 90 min. | 2020

Bibliografia

Livros:

Internet:

GLOBO FILMES. Libelu. Disponível no endereço: http://globofilmes.globo.com/filme/libelu/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Libelu – Abaixo a Ditadura. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/libelu/
ZANINI, Fábio. Documentário mostra trajetória efêmera e rebelde da Libelu na ditadura. Disponível no endereço: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/07/documentario-mostra-trajetoria-efemera-e-rebelde-da-libelu-na-ditadura.shtml. Acesso em: 02 julho de 2020.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “Libelu – Abaixo a Ditadura (2020)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.