fbpx

Lira Neto

Biografia

FOTO Lira NetoLira Neto é um jornalista e escritor brasileiro nascido na cidade de Fortaleza (CE) no ano de 1963.

Como escritor, ganhou o prêmio Jabuti em 2007, na categoria melhor biografia, por O Inimigo do Rei: Uma biografia de José de Alencar, publicado pela editora Globo. É autor também de Maysa: Só numa multidão de amores (Globo, 2007) e Castello: A marcha para a ditadura (Contexto, 2004).

Lira Neto fez o ensino médio na antiga Escola Técnica Federal do Ceará, atual Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará (CEFET-CE), onde cursou Tecnologia em Estradas e obteve o diploma de técnico em Topografia. Porém, nunca exerceu a profissão.

Antes de dedicar-se ao jornalismo, trabalhou como professor de História, Redação e Literatura, em vários colégios de Fortaleza.

Cursou Filosofia (Faculdade de Filosofia de Fortaleza), Letras (Universidade Estadual do Ceará) e Jornalismo (Universidade Federal do Ceará). Como jornalista, começou como revisor do Diário do Nordeste (Fortaleza) e posteriormente transferiu-se para o jornal O Povo da mesma cidade, no qual ocupou entre outras funções as de repórter especial, editor de cultura e ombudsman.

Nos início do anos 80, ainda morando em Fortaleza, escreveu e publicou poesia alternativa, destacando-se como um dos principais nomes da chamada “poesia marginal” do Ceará. São desta época uma série de folhetos xerocados e mimeografados de sua autoria, como Gamões & Fliperamas, Roteiro dos Círculos e Girassol Marginal.

Radicado hoje na cidade de São Paulo, possui artigos, entrevistas e reportagens publicados em alguns dos principais jornais e revistas do Brasil.

Além de jornalista e escritor, também é editor de livros. Já trabalhou como coordenador editorial de duas editoras: Edições Demócrito Rocha (Fortaleza) e Contexto (São Paulo).

Em 2007, foi agraciado com o Prêmio Jabuti de Literatura, na categoria melhor biografia do ano, pelo livro O Inimigo do Rei: Uma biografia de José de Alencar ou a mirabolante aventura de um romancista que colecionava desafetos, azucrinava D. Pedro II e acabou inventando o Brasil (Editora Globo). O extenso subtítulo da obra é uma referência à estética do folhetim do século XIX.

Livros Publicados

Biografias:

NETO, Lira. Castello: A marcha para a ditadura. São Paulo: Contexto, 2004.
NETO, Lira. Getúlio 1945-1954: Da volta pela consagração popular ao suicídio. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.
NETO, Lira. Getúlio 1930-1945: do governo provisório à ditadura do Estado Novo. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.
NETO, Lira. Getúlio 1882-1930: dos anos de formação à conquista do poder. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.
NETO, Lira. Padre Cícero: poder, fé e guerra no sertão. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
NETO, Lira. Maysa: Só numa multidão de amores. São Paulo: Globo, 2007.
NETO, Lira. O Inimigo do Rei: Uma biografia de José de Alencar. São Paulo: Globo, .

Bibliografia

Livros:

NETO, Lira. Castello: A marcha para a ditadura. São Paulo: Contexto, 2004.
NETO, Lira. Getúlio 1945-1954: Da volta pela consagração popular ao suicídio. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.
NETO, Lira. Getúlio 1930-1945: do governo provisório à ditadura do Estado Novo. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.
NETO, Lira. Getúlio 1882-1930: dos anos de formação à conquista do poder. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.
NETO, Lira. Padre Cícero: poder, fé e guerra no sertão. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
NETO, Lira. Maysa: Só numa multidão de amores. São Paulo: Globo, 2007.
O Inimigo do Rei: Uma biografia de José de Alencar. São Paulo: Globo, .

Internet:

BLOG LIRA NETO. http://www.liraneto.com/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.