fbpx

LIVRO – Agostinho Martins Pereira: o idealista

Sinopse

Máximo Barro, famoso montador de mais de 50 filmes nacionais e professor de Cinema da FAAP, tem sido frequente colaborador da Coleção Aplauso,com as biografias de Sérgio Hingst – Um Ator de Cinema; de José Carlos Burle – Drama na Chanchada; e o roteiro de Caçador de Diamantes, de Vittorio Capellaro. Agora chegou a vez de biografar seu próprio amigo.

Agostinho Martins Pereira, português de nascimento, defendeu como poucos as criação de uma indústria cinematográfica brasileira. Produziu e dirigiu longas-metragens (A Corrocinha, Gato de Madame), comercias para a televisão e lutou pelos direitos trabalhistas em cinema. Apesar de tudo isso, suas realizações não recebem a atenção que merecem. Em O Idealista, Máximo Barro procura corrigir essa injustiça.

Acompanhamos o biografado desde Portugal, quando sua família, ainda em 1927, viu-se compelida a emigrar para o Brasil em busca de melhores condições de vida. Portugal, àquela época era um país politicamente conturbado e economicamente estava ainda preso ao medievalismo do arado. Animados com as cartas trocadas com parentes que já haviam vindo para o nosso país, os pais de Agostinho decidiram tomar o mesmo caminho. Ainda criança, o futuro cineasta encantou-se com uma projeção de A Paixão de Cristo, em um cinema de bairro. Com o passar dos anos o fascínio pela magia cinematográfica só cresceria, até se tornar determinante emsua carreira. A forma como Agostinho chegou ao cinema está entre as melhores passagens de O Idealista. Em sua trajetória profissional, os destaques ficam por conta de sua colaboração com Mazzaropi e o trabalho na Companhia Cinematográfica Vera Cruz.

Máximo Barro traça um extraordinário panorama da tentativa paulistana de criar uma indústria de cinema em meados do século 20 e confere a Agostinho Martins Pereira a importância que lhe é devida no âmbito da cinenatografia brasileira. Mais um lançamento da Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, em seu trabalho de resgate e preservação da memória cultural brasileira.

Dados Técnicos

Título: Agostinho Martins Pereira: o idealista
Autor: Máximo Barro
Editora: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
Ano da Edição:
ISBN:

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “LIVRO – Agostinho Martins Pereira: o idealista

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.