fbpx

LIVRO – Estado e Cinema no Brasil (Ed. 1996)

Sinopse

LIVRO - Estado e Cinema no Brasil ed 1996botao_comprarApesar da preferência do público brasileiro pelo cinema nacional, a produção cinematográfica no Brasil nunca foi estável. As razões que impediram a concretização desta indústria de entretenimento é o tema deste livro de Anita Simis. Remontando a história do cinema nacional desde o fim do século XIX até o início do período sob o governo militar de 1964 e privilegiando o aspecto político institucional, a autora mostra a complexidade da relação entre Estado e Cinema no Brasil, estabelecendo uma comparação entre o período autoritário e o democrático, e desvenda porque o Estado brasileiro se organizou e o cinema não.

Data de muito tempo no Brasil o início do registro de cenas em película. No entanto, embora tenha havido iniciativas de grande envergadura na área cinematográfica, tais experiências naufragaram em maior ou menor grau entre 1930 e 1966 (ano da criação do Instituto Nacional de Cinema), período investigado mais detalhadamente pelo presente estudo. Em busca de compreender por que o cinema não se desenvolveu aqui na mesma proporção de outros países, a autora recolhe e analisa, a partir dos vestígios desses naufrágios, elementos reveladores e surpreendentes da trajetória da sétima arte em nosso país, na qual o Estado esteve intimamente imbricado.

Dados Técnicos

Título: Estado e Cinema no Brasil
Autora: Anita Simis
Editora: Annablume | Fapesp
Ano da Edição: 1996
Encadernação: Brochura | cm x cm | 312 páginas
ISBN: 85-8559-669-4

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.