fbpx

LIVRO – Glauber Rocha e o Cinema Latino-Americano

Sinopse

Em torno do conflito neo-realimo x cinema épico, que ele formula já em 1958, Glauber Rocha estabelece um debate estético que vai perdurar por toda a década de 60. Para ele, o neo-realismo zavattiniano, transplantado para a América Latina, não se pode construir como um cinema revolucionário.

Esse debate proposto por Glauber prosseguiu e talvez isto tenha impedido o desenvolvimento de uma linguagem audiovisual crítica capaz de, nos dias de hoje, em que a imagem determina os destinos de povos e nações, embasar uma cultura democrática e libertadora.

Essa é a temática do livro Glauber Rocha e o cinema latino-americano de Geraldo Sarno que, montando fragmentos de sua experiências cinematográfica com interpretação de textos de Glauber, também nos aponta para uma interpretação da trajetória do realizador de Deus e o Diabo na terra do Sol.

Dados Técnicos

Título: Glauber Rocha e o Cinema Latino-Americano

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.