fbpx

LIVRO – História Dramática do Cinema Brasileiro

Sinopse

Há muitas histórias das histórias do cinema brasileiro. Esta não é apenas uma história dramática, mas uma narrativa envolvente e bem humorada sobre as aventuras e desventuras do nosso cinema. Escrito com objetividade e voltado para os leitores pouco familiarizados com o tema, o livro se baseia na leitura de vasta bibliografia e numa visão complexa da penosa e precária estrutura do cinema nacional.

É significativa a presença de Alex Viany, Paulo Emílio Salles Gomes e Jean-Claude Bernardet, autores dos mais notáveis balanços sobre o cinema brasileiro e seus percalços.

Econômico nas citações e debates acadêmicos, o autor Maurício Cardoso sugere na organização dos capítulos e na abordagem geral do livro, uma linha mestra que conduz a apresentação dos temas, a seleção dos documentos analisados e a interpretação do processo histórico. O esforço de síntese e a abrangência temática, ainda que circunscrita aos filmes de ficção, delineam um percurso cronológico e didático sobre as transformações do cinema brasileiro. No entanto, a perspectiva adotada e os problemas apresentados sugerem uma leitura fortemente marcada pelo dilema da formação do cinema nacional e seus embates num mercado cinematográfico ocupado, desde tempos remotos, pelos interesses do cinema norte-americano.

Como um personagem que luta bravamente por sua liberdade e emancipação, o cinema brasileiro enfrenta um velho e astuto inimigo e disputa ano após ano, o amor da mocinha. Nessa dramática história, aprendemos a duras penas, a reconhecer nossas qualidades e limitações.

Dados Técnicos

Título: História Dramática do Cinema Brasileiro
Coleção: Fora do Foco
Autor: Maurício Cardoso
Editora: Liber Ars
Ano da Edição:
Encadernação: | cm x cm | 136 páginas
ISBN: 978-85-9459-058-9

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.