fbpx

LIVRO – Ítalo Rossi: isso é tudo

Sinopse

A partir dos depoimentos concedidos ao diretor Antonio Gilberto e à jornalista Éster Jablonski, Ítalo Rossi relembra fatos importantes da sua carreira que marcaram as artes cênicas brasileiras.

O livro traça a vida do ator Ítalo Balbo di Fratti Coppola Rossi nascido em Botucatu, interior de São Paulo, em 19 de janeiro de 1931, em uma família italiana habituada às óperas e aos concertos. Estreou no Teatro Brasileiro de Comédias (TBC) e teve uma longa carreira nos palcos, onde atuou até os últimos anos de vida.

Na televisão, Ítalo Rossi iniciou a carreira em 1963 e participou de dezenas de novelas, séries e especiais na TV Globo. Fez participações importantes em novelas como Escrava Isaura,ArapongaSenhora do DestinoBelíssima. Também foi o Rei Minos no episódio O Minotauro do Sítio do Picapau Amarelo em 1978. Seu último papel marcante na TV foi no humorístico Toma Lá, Dá Cá (2008), da Rede Globo, onde interpretou Seu Ladirque popularizou o bordão É mara.

Nos cinema, atuou em dezenas de filmes como Esquina da Ilusão (1953), Paraíba, Vida e Morte de um Bandido (1966), A República dos Assassinos (1979) e Doida Demais (1989). Suas duas últimas atuações nas telonas foram nos longas Maria, Mãe do Filho de Deus (2003) e Sexo com Amor? (2008).

Sumário

Sumário

Apresentação 12
Vida pessoal 14
Teatro Amador 25
Teatro Profissional 30
Direção 192
Cinema 213
Televisão 218
Televisão (novelas e especiais) 268
Cronologia 310
Bibliografia 337
Créditos fotograficos 341
Agradecimentos 343

Autor

Diretor e produtor teatral, Antonio Gilberto nasceu em Porto Alegre, formou-se em Artes Cênicas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e na PUC/RS em Psicologia. Estreou profissionalmente em 1984, na cidade do Rio de Janeiro, como assistente de direção de Domingos Oliveira no espetáculo Irresistível Aventura na companhia de Dina Sfat.

Dirigiu recentemente os espetáculos Werther; Um Brinde Ao Teatro; Federico García Lorca – Pequeno Poema Infinito; Contando Machado de Assis; e Maria Stuart, espetáculo com o qual comemora seus 25 anos dedicados ao teatro. Para a Coleção Aplauso organizou a fotobiografia da atriz Dina Sfat.

Dados Técnicos

Título: Ítalo Rossi: isso é tudo
Coleção: Coleção Aplauso – Série Especial
Autor: Antonio Gilberto e Éster Jablonski
Editora: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
Especificações: Brochura | Dimensões 23 cm x 31 cm | 348 páginas
Ano da Edição: 2010
ISBN: 9788570609434

Compre agora o seu exemplar

Coleção

Coleção Aplauso, concebida pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, visa resgatar a memória da cultura nacional, biografando atores, atrizes e diretores que compõem a cena brasileira nas áreas de cinema, teatro e televisão. Foram selecionados escritores com largo currículo em jornalismo culturalparaesse trabalho em que a história cênica e audiovisual brasileiras vem sendo reconstituída de maneira singular. Em entrevistas e encontros sucessivos estreita-se o contato entre biógrafos e biografados. Arquivos de documentos e imagens são pesquisados, e o universo que se reconstitui a partir do cotidiano e do fazer dessas personalidades permite reconstruir sua trajetória.

A decisão sobre o depoimento de cada um na primeira pessoa mantém o aspecto de tradição oral dos relatos, tornando o texto coloquial, como seo biografado falasse diretamente ao leitor.

Um aspecto importante da Coleção é que os resultados obtidos ultrapassam simples registros biográficos, revelando ao leitor facetas que também caracterizam o artista e seu ofício. Biógrafo e biografado se colocaram em reflexões que se estenderam sobre a formação intelectual e ideológica do artista, contextualizada na história brasileira.

São inúmeros os artistas a apontar o importante papel que tiveram os livros e a leitura em sua vida, deixando transparecer a firmeza do pensamento crítico ou denunciando preconceitos seculares que atrasaram e continuam atrasando nosso país. Muitos mostraram a importância para a sua formação terem atuado tanto no teatro quanto no cinema e na televisão, adquirindo, linguagens diferenciadas: analisando-as com suas particularidades.

Muitos títulos exploram o universo íntimo e psicológico do artista, revelando as circunstâncias que o conduziram à arte, como se abrigasse em si mesmo desde sempre, a complexidade dos personagens.

São livros que, além de atrair o grande público, interessarão igualmente aos estudiosos das artes cênicas, pois na Coleção Aplauso foi discutido o processo de criação que concerne ao teatro, ao cinema e à televisão. Foram abordadas a construção dos personagens, a análise, a história, a importância e a atualidade de alguns deles. Também foram examinados o relacionamento dos artistas com seus pares e diretores, os processos e as possibilidades de correção de erros no exercício do teatro e do cinema, a diferença entre esses veículos e a expressão de suas linguagens.

Se algum fator específico conduziu ao sucesso da Coleção Aplausoe merece ser destacado –, é o interesse do leitor brasileiro em conhecer o percurso cultural de seu país.

À Imprensa Oficial e sua equipe coube reunir um bom time de jornalistas, organizar com eficácia a pesquisa documental e iconográfica e contar com a disposição e o empenho dos artistas, diretores, dramaturgos e roteiristas. Com a Coleção em curso, configurada e com identidade consolidada, constatamos que os sortilégios que envolvem palco, cenas, coxias, sets de filmagem, textos, imagens e palavras conjugados, e todos esses seres especiais: que neste universo transitam, transmutam e vivem: também nos tomaram e sensibilizaram.

É esse material cultural e de reflexão que pode ser agora compartilhado com os leitores de todo o Brasil.

:: Coleção Aplauso – Especial ::

ALVES, Vida. TV Tupi: uma linda história de amor. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
ASSIS, Wagner de. Agildo Ribeiro: o capitão do riso. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
ASSIS, Wagner de. Marcos Flaksman: universos paralelos. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.
BATISTA, Djalma Limongi. Walmor Chagas: ensaio aberto para um homem indignado. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
CARVALHO, Tania. Carlos Zara: paixão em quatro atos. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.
CARVALHO, Tania. Ney Latorraca: uma celebração. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.
CARVALHO, Tania. Tônia Carrero: movida pela paixão. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009.
CARVALHO, Tania. Victor Berbara: o homem das mil faces. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
COELHO, Cleodon. Lilian Lemmertz: sem rede de proteção. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
DUARTE, Paulo. Mazzaropi: uma antologia de risos. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009.
FRAMCFORT, Elmo. Rede Manchete: aconteceu, virou história. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
GILBERTO, Antonio. Dina Sfat: retratos de uma guerreira. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2005.
GILBERTO, Antonio; JABLONSKI, Ester. Ítalo Rossi: isso é tudo. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
JESUS, Maria Angela de.Eva Todor: o teatro de minha vida. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
LEBERT, Nilu. Beatriz Segall: além das aparências. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
LICIA, Nydia. Célia Helena: uma atriz visceral. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
LICIA, Nydia. Raul Cortez: sem medo de se expor. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
LICIA, Nydia. Sérgio Cardoso: imagens de sua arte. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.
MARX, Warde. Maria Della Costa: seu teatro, sua vida. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
MOYA, Álvaro de. Gloria in Excelsior: ascensão, apogeu e queda do maior sucesso da televisão brasileira. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.
STEEN, Edla Van. Eva Wilma: arte e vida. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.
STERNHEIN, Alfredo. Cinema da Boca: dicionário de diretores. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2005.
STERNHEIN, Alfredo (org.). Dulce Damasceno de Brito: lembranças de Hollywood. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.
VENEZIANO, Neyde. As Grandes Vedetes do Brasil. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.