fbpx

LIVRO – O cinema de intervenção: Liberdade de Imprensa – 40 anos do documentário inaugural da obra de João Batista de Andrade

Sinopse

Produzido pelo Grêmio da Faculdade de Filosofia da USP, pelo Jornal Amanhã da UNE (União Nacional de Estudantes), Liberdade de Imprensa, de João Batista de Andrade, é um filme documentário lendário, que teve apenas duas exibições fechadas, antes de ser proibido pela censura e que só agora pode ser visto pelo público. No livro você poderá ler e acompanhar o roteiro (extraído do filme) que, em pleno 1967, contestava o governo ditatorial e discutia assuntos polêmicos, como o acordo Time/Rede Globo e Carlos Lacerda. Mas não é só.

Esta Edição especial traz também a fortuna crítica, os depoimentos e análises do crítico de cinema Carlos Alberto Mattos (Tempo de Guerra), de historiadores e professores como Marília Franco (O que é um documentarista?), Maria Dora Mourão (Como o documentário pensa o real), Renata Fortes (História e Contexto de Liberdade de Imprensa) e ainda a transcrição dos debates sobre o filme envolvendo o diretor, Jean-Claude Bernardet, João Silvério Trevisan, a produtora Ariane Porto e Renata Fortes.

Autores

João Batista de Andrade – Escritor, roteirista e cineasta, ex-Secretário de Cultura do Estado de São Paulo, doutor em Comunicação pela Universidade de Sâo Paulo, nasceu em Ituiutaba/MG, em 1° de dezembro de 1939. Iniciou sua carreira em 1963 como integrante do Grupo Kuatro de Cinema, ainda estudante de engenharia na USP, juntamente com Francisco Ramalho Jr., Clóvis Bueno e José Américo Vianna. Seu primeiro filme solo foi o documentário Liberdade de Imprensa (1967), produzido pelo movimento universitário. Como cineasta, tem carreira premiada nacional e internacionalmente, alternando documentários e longas-metragens de ficção.

Renata Fortes – Historiadora formada pela Unicamp, onde concluiu o metrado em 2007 com a dissertação A Obra Documentária de João Batista de Andrade. Foi responsável pela pesquisa para a Mostra Ruy Guerra -— Filmar é Viver e co-curadora da Mostra Maurice Capovilla —- Um Cineasta de Reflexão (ambas 2006). Atualmente (2008), está na produção de um longa-metragem e é pesquisadora de dois grupos de estudos sobre cinema documentário: ARUANDA -— Grupo de Estudos do Cinema Documentário (USP), e CEPECIDOC -— Centro de Pesquisas de Cinema Documentário da Unicamp.

Dados Técnicos

Título: Liberdade de Imprensa
Coleção: Coleção Aplauso: Cinema Brasil
Autores: Renata Fortes e João Batista de Andrade
Editora: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
Especificações: Brochura | Dimensões 12 cm x 18 cm | 152 páginas
Ano da Edição: 2008
ISBN: 9788570605559

Compre agora o seu exemplar

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

2 comentários sobre “LIVRO – O cinema de intervenção: Liberdade de Imprensa – 40 anos do documentário inaugural da obra de João Batista de Andrade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.