fbpx

LIVRO – Rossellini amou a Pensão de Dona Bombom

Sinopse

Rossellini desembarcou no Recife em agosto de 1958 com a intenção de conhecer a região, cenário do seu próximo filme: “Geografia da Fome”, baseado no livro-denúncia do pernambucano Josué de Castro. O cineasta italiano ficara impressionado com a obra de Josué de Castro, que pela primeira vez politizava a questão da fome. O próprio Josué de Castro o acompanhava na expedição recifense. Ele e os jornalistas, que não deixaram o italiano em paz. Ainda bem. O filme sobre a nossa fome endêmica jamais foi feito. Mas o romance sobre esse filme irrealizado e os personagens reais e fictícios que se envolveram com Rossellini na sua passagem pelo Recife, esse sim, foi concluído.

O escritor Cícero Belmar reconstitui a ambientação do Recife boêmio dos anos 50 e descobre que Rossellini amou outra Ingrid Bergman numa pensão da Rua do Rangel.

Dados Técnicos

Título: Rossellini amou a Pensão de Dona Bombom
Autor: Cícero Belmar
Editora: Fundação de Cultura Cidade do Recife
Ano da Edição: 2007
Páginas: 238

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.