fbpx

LIVRO – Sertão Mar: Glauber Rocha e a estética da fome (Edição 2007)

Sinopse

LIVRO - Sertao Mar 2007Na ocasião em que foi originalmente publicado, 1983, este estudo de Ismail Xavier, um dos mais produtivos estudiosos do cinema em atividade no Brasil, inovou ao propor uma análise histórica e teórica de filmes do cinema novo. Assim como Erich Auerbach encontrou em Hamlet as tensões sociais da Inglaterra elisabetana, Xavier procura as incongruências do Brasil na relação – nem sempre bem resolvida – do modernismo com a militância política presente na obra de Glauber Rocha.

Para a análise, o autor contrapõe Barravento, primeiro longa-metragem de Glauber, de 1962, a O pagador de promessas, de Anselmo Duarte, lançado naquele mesmo ano; e Deus e o diabo na terra do sol (1964) a O cangaceiro, de Lima Barreto (1953). O texto que deu origem ao ensaio foi concebido como uma tese de doutorado, apresentada na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), em 1979, sob a orientação inicial de Paulo Emílio Sales Gomes e, após a morte deste, de Antonio Candido.

Dados Técnicos

LIVRO - Sertao Mar 2007

Título: Sertão Mar: Glauber Rocha e a estética da fome
Autor: Ismail Xavier
Editora: Cosac Naify
Ano da Edição: 2007
Encadernação: Brochura | cm x cm | páginas
ISBN:

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “LIVRO – Sertão Mar: Glauber Rocha e a estética da fome (Edição 2007)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.