fbpx

LIVRO – Super-8 no Brasil: um sonho de cinema

Sinopse

Livro de Antônio Leão da Silva Neto reúne boa parte da produção nacional de filmes nas bitolas 8mm e super-8, compreendendo inicialmente o perodo de 1930 a 1978. So 129 filmes na bitola 8mm e, depois de 1968 a 2016, 5.390 filmes na bitola super-8, totalizando o catálogo de 5.519 filmes.

Editado pelo autor em regime de cooperativa, Super-8 no Brasil: um sonho de cinema contou com a colaboração de 123 pessoas, o que viabilizou ao autor 50% do custo da produção do livro. O restante foi financiado com recursos próprios. O livro tem duas partes: a primeira contempla as fichas de 5.519 filmes; a segunda, 3.770 realizadores e 952 biografias, totalizando 624 páginas.

O trabalho conta com textos de 12 convidados, realizadores, personalidades, jornalistas que vivenciaram o movimento ou interessados pelo assunto. Entre eles, Carlos Modesto, Euclides Moreira Neto, Fernando Trevas, Firmino Holanda, Flávio Rogério Rocha, João Antônio Buhrer, José Roberto Giusti, Lucas Vega, Malu Alencar, Marilice Daronco, Pedro da Rocha e Rodrigo Santos Sousa. Sem a pretenso de esgotar o assunto, o dicionrio engloba tudo o que já foi publicado até hoje sobre o super-8 no Brasil, além de dados adicionais e raros de filmes produzidos e nunca exibidos, ou mesmo desaparecidos. Mais de 500 filmes constantes no dicionário foram projetados em pelcula e catalogados pelo autor. Muitos deles nunca foram exibidos publicamente.

Dados Técnicos

Título: Super-8 no Brasil: um sonho de cinema
Autor: Antônio Leão da Silva Neto
Editora:
Ano da Edição:
Encadernação: | cm x cm | 624 páginas
ISBN:

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.