fbpx

LIVRO – Tristezas não pagam dívidas: Cinema e Política nos anos da Atlântida

Tristezas não pagam dívidas é um tributo à forma de fazer cinema popular das décadas de 40 e 50, tão bem representada pela companhia de Severiano Ribeiro. A Atlântida, junto com a Vera Cruz, foi uma proposta de trabalhar uma dramaturgia nacional quando o cinema estrangeiro, leia-se norte-americano, era o sinal explícito de nossa “alienação cultural”. Nesta perspectiva, esta obra visita o passado brasileiro através das chanchadas recuperando uma memória que é difusa para novas gerações.

LIVRO - Tristezas nao pagam dividasTítulo: Tristezas não pagam dívidas: Cinema e Política nos anos da Atlântida
Autor: Mônica Rugai Bastos
Editora: Olho D’Água
Ano da Edição: 2001
Encadernação: Brochura | cm x cm | 158 Páginas
ISBN: 8585428538

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.