fbpx

Lola Brah (1920-1981)

Biografia

Eleonora Beinarovicz, em arte conhecida como Lola Brah, foi uma atriz russa nascida em Wiatka, na antiga URSS, no dia 01 de julho de 1920. Jovem, veio para o Brasil e naturalizou-se em 1948.

Ainda na Europa participou de companhias teatrais amadoras. Estreou no cinema em 1953, no filme Uma Pulga na Balança, descoberta por Luciano Salce e Fábio Carpi.

Em 1958, recebeu o prêmio de melhor atriz pela Associação dos Críticos do Rio de Janeiro. Sua voz é facilmente reconhecida pelo sotaque estrangeiro que não consegue disfarçar, mas que acaba ajudando, pois dá uma conotação forte aos seus personagens. Trabalhou muito em cinema, destacando-se Estranho Encontro (1957), O Bandido da Luz Vermelha (1968) e O Sexualista (1975).

Nos seus últimos anos ficou mais conhecida como defensora da classe, ao brigar por melhores condições para o Cinema Nacional. Foi uma das fundadoras da Associação dos Técnicos e Atores Cinematográficos, fez parte da Comissão Nacional de Cinema e ainda atuou como representante dos atores no Geicine, órgão anterior ao INC. Esses cargos foram oficiais.

Atriz essencialmente cinematográfica, participou apenas de uma novela, A Cabana do Pai Tomás, em 1969/1970, pela TV Globo.

Faleceu em 14 de julho de 1981, São Paulo, em consequência de uma parada cardíaca, aos 61 anos de idade. Foi casada com Sílvio Pinto Freire, mas não teve filhos.

Filmografia

1982 :: Sexo às Avessas
1981 :: Mulher Objeto
1981 :: As Taras de Todos Nós (Episódio: A Tesourinha)
1980 :: O Inseto do Amor
1980 :: Palácio de Vênus
1979 :: A Mulher que Inventou o Amor
1979 :: Embalos Alucinantes (Troca de Casais)
1978 :: O Estripador de Mulheres (Assassino da Noite)
1978 :: O Bem-Dotado – O Homem de Itu
1978 :: Reformatório das Depravadas
1978 :: Noite em Chamas
1977 :: Pensionato das Vigaristas
1976 :: A Noite das Fêmeas (Ensaio Geral)
1975 :: Cada um Dá o Que Tem (Episódio: O Desejo)
1975 :: O Sexualista
1975 :: As Secretárias que Fazem de Tudo
1974 :: Ainda Agarro esta Vizinha
1974 :: Mestiça, a Escrava Indomável
1972 :: Independência ou Morte
1972 :: A Marcha
1971 :: Paixão na Praia
1971 :: O Homem, o Circo, o Palhaço, A Morte (inacabado)
1968 :: O Bandido da Luz Vermelha
1964 :: O Vigilante contra o Crime (Episódio: Aventura em Ouro Preto)
1961/1962 :: Aventura em Ouro Preto (Episódio da série: Vigilante Rodoviário)
1960 :: Bahia de Todos os Santos
1959 :: Fronteiras do Inferno (Lonesome Women) (Brasil/EUA)
1958 :: Ravina
1957 :: Estranho Encontro
1957 :: Casei-me com um Xavante
1956 :: A Pensão da Dona Estela
1955 :: Três Destinos (Inacabado)
1954 :: Floradas na Serra
1953 :: Uma Pulga na Balança

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Lola Brah. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/lola-brah/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.