fbpx

Lua Cambará, nas Escadarias do Palácio (2002)

Sinopse

Em meados do século XIX, o coronel Pedro Cambará, cuja finada mulher não lhe deixara filhos, estupra a negra Maria, escrava de sua propriedade. Dessa violência nasce, em noite de lua cheia, uma menina que é chamada de LUA. Durante uma grande seca a escrava Maria, castigada pela fome e pela sede, atravessa o sertão devastado com a filha em busca da casa do coronel. O coronel Pedro Cambará reconhece e aceita ficar com a filha bastarda, mas não a manda batizar e amaldiçoa o destino por não ter lhe dados filhos homens, mas apenas uma filha mestiça. Lua Cambará cresce e torna-se uma mulher de grande beleza, valente astuciosa e voluntariosa. O pai adoece e, ao morrer, transmite-lhe como herança as terras, os animais, os escravos, as armas e o ódio. A partir da morte do pai – ponto chave dos acontecimentos – ela desencadeia e precipita o seu destino aventuroso, sangrento e diabólico. Por uma única vez na vida, ela se apaixona pelo vaqueiro João Índio, mas ele não se curva aos seus caprichos e termina tendo um caso amoroso com a professora francesa. Essa traição tem conseqüências imprevisíveis para todos. Lua Cambará conquista o mundo dos homens e torna-se a rainha soberana da vida e da morte, da fortuna e da desgraça. Mas, em troca do poder e da riqueza, termina por perder a sua própria alma.

Elenco

Dira Paes
Chico Diaz
Sylvie Debs
Majô de Castro
Rejane Zilles
Antônio Urano
Douglas Machado
Márcio Jacques
Maíra Cariry
Pedro Gonçalves
Roberto Silva
Soraia Matre
B. de Paiva
Joca Andrade
Cláudio Jaborandy
Augusto César Mota
Bárbara Cariry
José Tarcísio
Ceronha Pontes
W.J. Solha
Toni Silva
Muriel Racine
Via Negromonte
Nelson Xavier
Sofia Xavier

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Lua Cambará, nas Escadarias do Palácio (2002) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Rosemberg Cariry
Roteiro: Rosemberg Cariry
Diretor de Produção: Carmem Flora Schinini
Assistente de Direção: Douglas Machado
Diretor de Fotografia: Antônio Luiz Mendes
Operador de Câmera: Antônio Luiz Mendes
Montador: Rosemberg Cariry e Severino Dada
Som Direto: Márcio Câmara
Trilha Sonora: Guilherme Vaz
Empresa Produtora: Cariri Filmes

Bibliografia

Livros:

Internet:

ANCINE – AGÊNCIA NACIONAL DO CINEMA. Lua Cambará. Disponível no endereço: https://www.ancine.gov.br/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Lua Cambará. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/lua-cambara/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “Lua Cambará, nas Escadarias do Palácio (2002)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.