fbpx

Luiz Carlos Barreto

Biografia

Luiz Carlos Barreto Borges, em arte conhecido como Luiz Carlos Barreto, ou simplesmente Barretão, é um diretor de fotografia, diretor e produtor de cinema brasileiro nascido em Sobral, no Ceará, no dia 20 de maio de 1928. É casado com Lucy Barreto, com quem constituiu a Família Barreto, seus filhos cineastas Fábio Barreto, Bruno Barreto e a produtora Paula Barreto.

Vivendo desde 1947 na cidade do Rio de Janeiro, tornou-se um dos maiores produtores cinematográficos do Brasil. Como jornalista profissional, foi repórter e fotógrafo da Revista “O Cruzeiro” nos anos 50 até 1963, tendo sido correspondente dessa revista na Europa, durante os anos de 1953 e 1954.

Na profissão de repórter, cobriu importantes acontecimentos nacionais e internacionais e graduou-se em Letras pela Sorbonne, em Paris.

Barretão, como é conhecido, começou no cinema em 1961, como co-autor do roteiro e co-produtor do filme Assalto ao Trem Pagador, dirigido por Roberto Farias. Essa película obteve um enorme sucesso, tanto no Brasil, como no exterior. A partir de então começou uma série de grande produções cinematográficas, divididas com uma importante atividade política e cultural. Luiz Carlos Barreto é um dos homens chave do chamado Cinema Novo, revolucionou o Cinema latino Americano.

Como diretor de fotografia em cinema é autor das concepções fotográficas de Vidas Secas e Terra em Transe, que revolucionaram o estilo fotográfico dos filmes brasileiros.

Luiz Carlos Barreto, juntamente com sua mulher Lucy Barreto, detêm a marca da produção de mais setenta filmes brasileiros de curta e longa-metragens. Além dos filmes que marcam sua carreira como produtor, é pai de Bruno Barreto e Fábio Barreto – dois diretores dos mais importantes da geração Pós-Cinema Novo – e Paula Barreto, formada em Comunicação Social.

É um dos sócios do Grupo Consórcio Brasil, que junto com a Globosat administra o Canal Brasil.

Filmografia

:: Filmografia como Produtor ::

:: Assalto ao Trem Pagador
:: A Hora e a Vez de Augusto Matraga
:: O Padre e a Moça
:: Terra em Transe
:: Dona Flor e seus dois maridos
:: Bye Bye Brazil
:: Índia, a Filha do Sol
:: Inocência
1981 :: Menino do Rio
:: Luzia Homem
:: Ele, o Boto
:: Garrincha, Alegria do Povo
:: Amor Bandido
:: Memórias do Cárcere
:: Romance da Empregada
:: O Quatrilho
:: O Que É Isso, Companheiro?
:: Bela Donna
:: Bossa Nova
:: 2000 Nordestes
:: A Paixão de Jacobina
:: O Caminho das Nuvens

:: Filmografia como Diretor de Fotografia ::

:: Terra em Transe
:: Vidas Secas

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2019 :: Barretão
2015 :: Cordilheiras do Mar – A Fúria do Fogo Bárbaro
2008 :: 1958: O ano em que o mundo descobriu o Brasil

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

BALLERINI, Franthiesco. Cinema Brasileiro no Século 21. São Paulo: Summus Editorial, 2012.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Luiz Carlos Barreto. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/luiz-carlos-barreto/
WIKIPEDIA. Luiz Carlos Barreto. Disponível no endereço: http://pt.wikipedia.org/wiki/Luiz_Carlos_Barreto

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados