fbpx

Luiz Gonzaga (1912-2012)

Biografia

Luiz Gonzaga do Nascimento, em arte conhecido como Luiz Gonzaga, ou simplesmente Gonzagão, foi um cantor, compositor e músico brasileiro nascido em Exu (PE) no dia 13 de dezembro de 1912.

Filho de Januário e de dona Santana. Foi o segundo de nove filhos, quatro mulheres e cinco homens. Seu pai conserta sanfonas e logo percebe o talento do filho, fazendo-o piloto de provas dos instrumentos que conserta.

Quando completou a maioridade, entrou para o Exército e lá ficou por nove anos, passando por vários Estados, se desengajando em pleno Rio de Janeiro.

Acabou se tornando músico, seguindo os conselhos de um casal amigo do morro de São Carlos, Dina e Xavier. Vez por outra, tentou a sorte no programa de Ary Barroso, grande sucesso da Rádio Nacional, mas não consegue a nota necessária. Com muita insistência, em 1941, conseguiu emplacar sua música Vira Mexe no programa e recebeu um convite do diretor artístico Almirante para gravar um disco pela RCA, companhia que lançou todos os seus discos.

Com Humberto Teixeira, compõe grandes sucessos da nossa música popular como Asa Branca e Assum Preto e populariza o baião por todo o Brasil.

Estreou no cinema em 1947, no filme Este Mundo É um Pandeiro, e participou de outros como Hoje o Galo Sou Eu (1958) e Sem Essa Aranha (1970).

Teve dois filhos: Luizinho, do primeiro casamento, porém sua esposa Odaleia Guedes dos Santos morreu quando o garoto tinha dois anos, sendo criado pelo casal amigo Dina e Xavier (esse garoto mais tarde seria conhecido como Gonzaguinha); e Rosinha, filha de Helena, sua esposa até o fim de sua vida.

Teve um difícil relacionamento com Gonzaguinha, por divergências políticas, mas em 1982 a paz foi selada e gravaram um álbum duplo, Vida de Viajante, que motivou um show que percorreu todo o País.

Faleceu no dia 02 de agosto de 1989, aos 76 anos de idade, de parada cardíaca, em Recife (PE).

Filmografia

1942 – Astros em Desfile
1947 – Este Mundo É um Pandeiro
1948 – E o Mundo se Diverte
1948 – É Com este que eu Vou
1948 – Terra Violenta
1951 – O Comprador de Fazendas
1951 – Maria da Praia
1958 – Hoje o Galo Sou Eu
1960 – A Morte Comanda o Cangaço
1970 – Sem essa Aranha
1978 – Chapéu de Couro
1979 – Exu, uma Tragédia Sertaneja

Bibliografia

Livros:

. 100 Anos Luiz Gonzaga. : , .
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Jornais:

FRAGA, Plínio. Lua do sertão. O Globo, dia 09/12/2012.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Luiz Gonzaga. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/luiz-gonzaga/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Luiz Gonzaga (1912-2012)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.