fbpx

Marcados para Viver (1976)

Sinopse

Um pivete encontra uma prostituta e um jovem marginal. Afeto e solidariedade nascem entre eles. Passam a morar juntos e vivem de pequenos golpes, liderados por um marginal experiente que programa um grande assalto. A polícia frustra parcialmente os planos e mata a prostituta. Os dois pivetes continuam a vida pela ponte Rio-Niterói.

Elenco

Otero, Sergio (Eduardo)
Calado, Tessy (Jojô)
Lacreta, Rose (Rosa)
Paulão (Sorveteiro)
Boss, Dedeti (Garota)
Marisa (Travesti)
Cardoso, Louise (Estudante)
Evelyn (Vivi)
Boss, Jessel (Rô)
Ronaldo
Lidio
Mello, Cesar
Sonny Boy
Queiroz, Gabriel
Moreira, Ricardo
José, Geraldo
Rodrigues, Lael
Peninha
Guerra, Ruy
Sérgio Sanz
Cozetti, Angela
Silva, Mario da

Participação especial:
Freitas, Luis Carlos Lacerda (Madame Moustache)
Mar, Valéria (Velha)
Polanah, Ruy (Galvão)
Onofre, Waldir (Branquinho)
Hime, Francis
Newman, Renato

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Marcados para Viver (1976) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Maria do Rosário
Argumento: Maria do Rosário
Roteiro: Maria do Rosário
Assistência de direção: Corzetti, Ângela
Produção: Newman, Renato e Maria do Rosário
Direção de fotografia: Newman, Renato
Mixagem: Melo, Roberto
Direção de dublagem: Melo, Roberto
Montagem: Guerra, Ruy
Assistente de montagem: Sérgio Sanz
Música: Hime, Francis
Companhias Produtoras: Rosário Produções Cinematográficas Ltda. | Kiko Filmes Ltda.
Companhia Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Locação: Rio de Janeiro – RJ

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
ALSN/DFB-LM
CB/EMB-110.1-00181

Fontes consultadas:
Guia de Filmes, 64
ACPJ/II
HBH/QCRCB
Embrafilme/FIFLM
O Estado de S. Paulo, 20.11.1977
Veja, 13.10.1976
Jornal da Tarde, 07.12.1977, p.19
Última Hora, 28.11.1976

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Marcados para Viver. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/marcados-para-viver/

Observações:
Maria do Rosário Nascimento e Silva é o nome completo de Maria Rosário.
ALSN/DFB-LM indica no elenco Evelise e Ana Maria Nascimento e Silva. Esta mesma fonte comenta: Estréia na direção da atriz Maria do Rosário. Estréia também da atriz Louise Cardoso no cinema.
Apresentado no 2º Festival de Mulheres, 1976> – Nova York, US.
Festival de Toronto no Festival de Jovens Realizadores, 1976, Paris – FR.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.