fbpx

Marcos Caruso

Biografia

Marcos Vianna Caruso, em arte mais conhecido como Marcos Caruso, é um ator, roteirista e dramaturgo brasileiro nascido em São Paulo (SP) no dia 22 de fevereiro de 1952. Formado em Direito pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, é autor de telenovelas, peças teatrais e roteiros para cinema.

Sua mãe morreu dez dias depois do seu nascimento. É criado pelo pai, pela avó e pela tia. Embora paulistano, passa a infância no Rio de Janeiro e desde criança brinca com bonequinhos de fantoches da avó, costureira. Aos seis anos divertia as clientes dela.

Estreou na televisão como ator em 1978 na novela Aritana. Além disso, participou de dezenas de outras como Roda de Fogo (1978), Jerônimo (1984), Pantanal (1990), Eramos Seis (1994), Coração de Estudante (2002) e Mulheres Apaixonadas (2002), no papel de Carlão, quando é redescoberto. Em Páginas da Vida roubou as cenas interpretando Alex, o pai de Nanda, e depois em Desejo Proibido (2007), como Padre Inácio.

No cinema, estreou em 1978 no filme O Bem Dotado Homem de Itu.

Seu primeiro trabalho como autor, foi uma adaptação de uma obra de Monteiro Lobato para um programa da TV Cultura.

Como dramaturgo, entre outros textos, é de sua autoria os clássicos Trair e Coçar é só Começar e Jogo de Cintura. É autor de diversas peças de teatro escritas em parceria com a atriz e autora Jandira Martini.

Foi casado, durante vinte anos, entre 1974 e 1994, com a atriz Jussara Freire, mãe dos seus dois filhos: o cineasta Caetano Caruso e a empresária Mari Caruso. Casou-se depois com a dançarina e coreógrafa Dani Calichio.

Em 2007, a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, pela Coleção Aplauso, lançou sua biografia, Marcos Caruso: um obstinado, de autoria de Eliana Rocha.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2020 :: De Perto Ela Não é Normal
2019 :: Predestinado – Arigó e o Espírito do Dr. Fritz
2016 :: Desculpe o Transtorno
2016 :: O Escaravelho do Diabo
2015 :: Operações especiais
2011 :: Cilada.com
2008 :: Polaroides Urbanas
2008 :: O Diário de Tati
2006 :: Irma Vap – O Retorno
2005 :: Depois Daquele Baile
2004 :: Capital Circulante (CM)
2002 :: Lara
2001 :: Memórias Póstumas
1979 :: Viúvas Precisam de Consolo
1978 :: O Bem Dotado – O Homem de Itu

2010 – O Diário de Tati.

:: Filmografia como Roteirista ::

2006 :: Trair e Coçar é só Começar

Publicações

CARUSO, Marcos. Trair e Coçar, é só Começar. São Paulo: Benvirá, 2011.

Bibliografia

Livros:

NUNES, João. 25 anos + um: a história de sucesso de Trair e Coçar é só Começar. São Paulo: Giostri Editora, 2012.
ROCHA, Eliana. Marcos Caruso: um obstinado. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “Marcos Caruso

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.