fbpx

Margarida Rey (1922-1983)

Margarida Rey é uma atriz brasileira nascida em Santos (SP) em 17 de janeiro de 1922.

Começou sua carreira no teatro, em 1946, com a peça A Rainha Morta, de Henry de Montherland, sob a direção de Ziembinsky. As primeiras duas décadas de sua carreira foram dedicadas quase que totalmente ao teatro, com desempenhos importantes como em Medeia, de Eurípedes, A Ilha das Cabras, de Ugo Betti, Arsênico e Alfazema, de Joseph Kesselring, Electra, de Sófocles, O Burguês Fidalgo, de Molière, etc.

Em 1958, estreou no cinema no filme Alegria de Viver.

Em 1969, fez sua primeira novela, Nenhum Homem é Deus, pela TV Tupi, depois outras como Bandeira 2 (1971), O Bem-Amado (1973), como a irmã de Zeca Diabo, Sem Lenço, sem Documento (1977).

Sobre sua atuação na peça Ilha das Cabras, o crítico Décio de Almeida Prado comentou: Margarida Rey tem no drama de Ugo Betti o maior desempenho de sua carreira. Embora contracenando com três bons atores, esmaga-os com sua sobriedade, a sua força autêntica e profunda, a sua impecável dignidade, a sua noção de medida que é calor e não frieza. Margarida sempre foi uma excelente atriz mas ascende agora ao rol, muitíssimo restrito, das grandes atrizes. A sua preocupação, durante muito tempo, será a de manter e não de ultrapassar o nível deste seu desempenho.

Grande atriz de nosso teatro, injustamente esquecida, faleceu no Rio de Janeiro (RJ) de edema pulmonar, em 19 de novembro de 1983, aos 61 anos de idade.

Filmografia

1972 :: Os Inconfidentes
1962 :: Porto das Caixas
1958 :: Alegria de Viver

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Margarida Rey. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/margarida-rey/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Margarida Rey (1922-1983)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.